Translate

sábado, 25 de abril de 2015

Promessa


Quebrámos as convenções
que tolhiam a nossa liberdade
com a coragem
de um touro
e a naturalidade
dos cravos,
com a promessa de continuarmos a decifrar
o gozo essencial do sonho,
e de, nele mesmo,
nos mantermos mergulhados,
com a certeza
de abraçarmos a lembrança
que nos fará entoar
cantos à madrugada do agora
em concertos de liberdade para o futuro.


Sem comentários: