Translate

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Estando certo que poderia voar


Estando certo que poderia voar
nas asas que me impelem os dedos
a afagar as mágoas da tua alma nua de esperas
[a cerzir teias de pranto nas dores encobertas
pelos teus cabelos ruivos de sol,
a contagiar o teu corpo branco sem mácula,
exausto de tanto caminhar no reverso do trevo],
acordei para ti.
 
Quero que o teu sorriso desperte
nas palavras que eu escrevo
pelas avenidas do sonho em que persisto
à procura de atalhos que me conduzam a ti,
à procura de passos que destruam lembranças
que ouves agonizar flagelada,
à procura de ti a sorrir.
 
Mesmo vendo que tateias a saída do teu labirinto
[evitando as pedras do caminho] e sabendo
que só brotarão flores das nossas sementes
em terra fértil caídas, mesmo assim, para que voemos
na fome de asas e sonhos do retorno à felicidade,
acordei para ti.

64 comentários:

Nany C. disse...

e que muitos sorrisos despertem ao ler-te, meu amigo.

que tenhas uma ótima tarde, Jaime.

Beijos em teu coração!

Uma estrela errante disse...

Perfeito o teu poema,adorei! Abraço

Cidália Ferreira disse...

Lindo...Lindo. Parabéns
Um poema que tem muito a ver comigo!

Beijinhos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Marta Vinhais disse...

Acordar nos sonhos de alguém... é perfeito....

Gostei muito....

Obrigada pela visita

Beijos e abraços
Marta

Brisa disse...

...Voando nas asas do amor... É uma ternura este poema...deixo-te um sorriso...

Bjo e tudo de bom para ti

saudade disse...

Sem tempo para escrever e visitar os amigos como deve ser.... Mas claro não deixo de passar ao menos para ler os teus belos post's...
Beijo de.....
Saudade

Laura Santos disse...

É o que toda a mulher precisa; que o seu homem acorde sempre para ela, e a faça acordar. Que lhe mostre ainda mais sonhos do que aqueles que nela própria vivem. E que voem sempre os dois juntos, mesmo que cada um também precise voar de forma particular.
Excelente poema, Jaime.
xx

rosa-branca disse...

Jaime, que bom é acordar para alguém assim sofrido. Amei demais o teu poema. Boa semana e beijos com carinho

Mariangela do Lago Vieira disse...

Este acordar seria mais que perfeito!
Como o teu poema.
Amei Jaime!
Beijo e tudo de bom!
Mariangela

Safira Serene disse...

Jaime, que poema maravilhoso, tocou-me profundamente... Vi esperança, perseverança e a crença genuína na felicidade. Sonhos, desejos, quereres unidos e almejados mutuamente, um lindo voo e um maravilhoso despertar.
Amigo, que tenhamos um ótimo fim de semana, beijo.

Elvira Carvalho disse...

E haverá felicidade maior para a mulher, do que sentir o homem amado acordar para si?
Um abraço e bom fim de semana

Blog da Gigi disse...

Lindíssimo!!!!!!!!!! Ótimo final de semana!!!!!!! Abraços

Karocha disse...

Lindo Jaime

Bfs

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Jaime,graças a Deus eu tenho um marido que está sempre ao meu lado e voando junto comigo,sejam nas alegrias ou nas tristezas.
Bjs,obrigada pela visita e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Despertar desse sono neste espírito, dá asas para se voar até á grande felicidade.
Gostei.

Abraço
SOL

Dorli Ramos disse...

Jaime,

Linda a sua poesia de amor e tudo nela brilha.
Beijos no coração
Um bom fim de semana
Beijos no coração
Minicontista2

Bandys disse...

Dorei.
Quando voamos para crescer
como ser humano todas as sementes
devem ser plantadas.
Bom final de semana
beijos

Existe Sempre Um Lugar disse...

Votos de feliz Natal
AG

ॐ Shirley ॐ disse...

Lindo, lindo, lindo, Jaime, dá vontade de voar.
Beijos!

Ana Freire disse...

Acordarmos para os outros, é a melhor forma, de não passarmos pela vida adormecidos, em nós mesmos...
Como sempre palavras, que nos acordam por dentro... Mais um poema inspirado e brilhante, por aqui, Jaime!
Abraço! Desejando-lhe um óptimo fim de semana!
Ana

Vera Lúcia disse...


Lindo, Jaime.
Como é belo este acordar para alguém, com a certeza de um voo de retorno à felicidade, para ambos, não obstante o cenário de desalento que evolve este alguém.
Poema ternurento, que encanta.

Ótimo final de semana.

Abraço.

CÉU disse...

Li, umas tantas vezes, o seu poema, que percebi, mas creio que o verbo sentir tomou posse do meu comentário. Isto não se faz!

Fique bem e bom fim de semana.

Ana Pereira disse...

Este poema desperta sorrisos, sem duvida, especialmente a ideia do ser amado poder acordar para nós e conseguir ver-nos inteiramente.
No fundo é esse o poder da poesia: fazer-nos despertar e sorrir.
Um abraço, Ana

Daniel Costa disse...

É sempre bom ter a certeza que se acorda para alguém. Boa construção poética, conclusiva. É mesmo de gostar.
Abraço

Nina Filipe disse...

Olá Jaime, o meu muito obrigado pela sua volta, falar dos seus poemas acho que não consigo encontrar adjectivos para o classificar.
É maravilhoso cada um é sempre um filho dessa alma carregada de sonhos...
dos sonhos que apenas se evaporaram ao acordar e ver que o que queria ter sido não foi...foi mais um sonho que ficou para a próxima encarnação...voar como todos nós gostaria-mos de voar.
Amigo basta fechar os olhos e se entregar ao pensamento que de certeza se voa bem alto...tenha um lindo fim de semana com beijinhos de luz e muita paz.

MARILENE disse...

Um belo despertar, capaz de iluminar os caminhos de outra pessoa, para que possam, juntos, viver os sonhos. Abraço.

Tais Luso disse...

"...na fome de asas e sonhos do retorno à felicidade,
acordei para ti."

Muito bonito, Jaime, é lindo acordar assim, é a felicidade presente, só pode encantar.
bjus aqui do sul do Brasil.

Andreia Morais disse...

Fico sempre rendida às palavras. Muito bom!

r: Acredito que sim. Quero mesmo visitar Barcelona *.*
Obrigada e igualmente*

Majo disse...

~º~*~º~*~º~*~º~*~º~*~º~*~º~*~º~*~º~*~

Muito belo o seu canto lírico, Jaime.

Que se concretize o romanesco encontro...

~~ Abraço amigo. ~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

luar perdido disse...

Como é bom acordar para alguém! Que seja apenas um de infinitos despertares para criarem asas que vos transportem à felicidade.

Linda forma de acordar, e que excelente poema!
Votos de bom fim de semana
Beijinho de raios de luar

Lia Noronha disse...

Abraços Dominicais a ti e altíssimos voos poéticos!!

Louraini Christmann - Lola disse...

Adorei a tua "fome de asas"
Abraço e abençoada época de Natal.

Ana Simões disse...

Lindíssimo este acordar... Um acordar para a felicidade, para se dar e receber, um acordar de um sonho permitindo-se continuar a sonhar...
Adorei.
Tudo de bom e um bom domingo.
Parabéns pela belíssima escrita e obrigada por a partilhar.

AC disse...

A (procura da) cumplicidade, energia fundamental para qualquer percurso...
Muito bem, Jaime!

Abraço

Linda disse...

Very nice. :)

Zilani Célia disse...

OI JAIME!
UM SONHO DO QUAL VALE A PENA ACORDAR.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Andre Mansim disse...

Lindo texto. Poesia bem feita e delicada.

Helena disse...

Ah, este despertar assim, consciente do bem que se deseja à mulher amada, o desejo de juntos voarem, de juntos sonharem, é tudo que um casal precisa para juntos retornarem à felicidade. Uma entrega que se faz na doçura das asas de uma poesia de tanta significância.
Amigo, também de volta.
Deixo sorrisos e estrelas para enfeitar a tua semana,
Helena

Maria Teresa de Brum Fheliz Benedito disse...

Quanta ternura neste belo poema, Jaime!
Parabéns!
Um abraço e agradecida por sua visita.

São disse...

Para quando um livro?


Alegre quadra festiva, bom Natal e excelente 2016, meu amigo :)

Augusto Sperchi disse...

Olá Jaime. Espero que esteja bem.
Enfim, com tempo de fazer visitas.
O sonho humano de poder tudo, inclusive de levar a felicidade (até aquela que não temos) a tudo que amamos ou que pretendemos amar. Tudo para aplacar nossa inconcretude, nossa incongruência e nossa incompletude. Ainda bem!
Abraço.

Pedrasnuas disse...

E a Musa inspirou-te e bem! " Acordei para ti", "À procura de ti a sorrir"... Só alguém muito especial para te fazer despertar por inteiro...

Beijinhos e uma Quadra Festiva à medida dos teus desejos e aspirações!

Arte & Emoçoes disse...

Olá Jaime! Passando para me deliciar com a leitura de mais uma das tuas belas criações. Lindo, com ênfase para a estrofe abaixo:

Quero que o teu sorriso desperte
nas palavras que eu escrevo
pelas avenidas do sonho em que persisto
à procura de atalhos que me conduzam a ti,
à procura de passos que destruam lembranças
que ouves agonizar flagelada,
à procura de ti a sorrir.

Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus.

Furtado.

Magda Carvalho disse...

Que linda poesia.
http://retromaggie.blogspot.com/

heretico disse...

poema grandioso, em sua dádiva!

de um erotismo suave e entrega absoluta

abraço

A Casa Madeira disse...

Oi Jaime que bonito esse poema...
As vezes damos a volta ao mundo; fazemos tanta coisa
e o que realmente importa está bem ao nosso lado...
Podemos até não querer kkk mas que está lá está...
Nunca é tarde demais para acordar...
Boa continuação de semana.

Agostinho disse...

Promessas e juras de um rio,
com margens, a traçar um
poema delicado, dedicado.
Sem sombra de pecado.

Boa semanada!

Graça Pires disse...

Gostei, Jaime. Trilhar as "avenidas do sonho" e reinventar asas quantas vezes for preciso para a magia do voo...
Um beijo.

Mário Margaride disse...

Mais um belo poema, amigo Jaime. Aliás, como já nos habituaste.

Uma boa semana!

Abraço.

VitorNani disse...

Olá, Jaime!
Seu belo poema lembra da necessidade de um fortalecimento em bases profundas do amor, para se poder voar nas asas da felicidade plena!
Foi assim, que interpretei a sua mensagem!
Abraços!

Arione Torres disse...

Amigo, estou de volta! Desculpe a demora!
Vim lhe desejar uma excelente semana e aproveitando para lhe desejar um feliz natal, beijos e fique com Deus!!

Labirinto de Emoções disse...

Olá Jaime
Claro que podemos voar sempre, os sonhos não têm limite e mesmo sem asas, eles levam-nos onde queremos.
O Poema Lindo como sempre.
Um Beijinho e um Feliz Natal
Teresa

Maria Rodrigues disse...

Um voar nas asas do amor.
Lindo poema.
Beijinhos
Maria

Suzete Brainer disse...

Um sublime sentir de um grande Poeta
que revela:"Acordei para ti."
Numa qualidade rara do amar, a busca do
outro em transcender as suas dores e
renascer as alegrias...
Belíssimo (sempre), meu caro Jaime!!
Abraço.

Clau disse...

Que este despertar seja seguido de um voo
repleto de amor, sem medo dos inevitáveis abismos!
Linda poesia Jaime :)
Beijos!

© Piedade Araújo Sol disse...

um poema de amor do Poeta à sua musa
com paixão e ternura e um pouco de sensualismo q.b.
gostei!
beijos
:)

Fá menor disse...

Que os voos despertem sorrisos.

Desde já (não sei se voltarei antes), os meus votos de um santo Natal, amigo!

tulipa disse...


Olá Jaime

Este mês tem sido um corropio de um lado para o outro,

só hoje tive tempo de fazer um post e vir visitar alguns amigos.

Lindíssimo este acordar...

Em contagem decrescente para o Natal
venho relembrar:

A amizade é o conforto indescritível de nos sentirmos seguros com uma pessoa,
sem ser preciso pesar o que se pensa, nem medir o que se diz.
(George Eliot)

Abraço da Tulipa

Berço do Mundo disse...

Poema interessante, como já nos habituou.
Votos de uma excelente semana
Ruthia d'O Berço do Mundo

CÉU disse...

Eu tenho a certeza absoluta, que o "Jaime", mesmo sem asas, voaria ao encontro do ser amado.
Fazer feliz alguém, seja qual for a forma, é um ato sublime.
O Amor não dorme, portanto, o eu lírico acorda, sempre que valha a pena. Gosto muito do que escreve!

Abraço e resto de boa semana.

Paulo Silva disse...

Maravilhosa poesia. E que voe!
Continuação de uma feliz semana.
Abraço.

Jaime Portela disse...

Caros amigos
Obrigado pelos vossos comentários. Voltem sempre.
Entretanto, acabei de publicar novo poema. Espero que gostem.
Continuação de boa semana para todos.
E um FELIZ NATAL, extensivo aos que vos são mais queridos.
Saudações poéticas.

ONG ALERTA disse...

Um feliz natal e 2016 repleto de sucesso!!!
Abraço Lusette

Ana Simões disse...

Belíssimo!! Um acordar para a vida, afinal é isso tb o Natal, um despertar renovado pleno de luz e esperança, independentemente da crença...
Desejo tudo de bom
bjs