Translate

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Com a razão


Com a razão,
abraçamos cores do universo
aos nossos olhos fronteiro,
contagiados pelos ecos das vivências
no âmago do pensar recicladas.
Com a vontade,
descobrimos os sinais da pele
às mãos arredios,
que vamos vestindo
nos quereres dos arbítrios
em coretos de gosto rimados.
Com a emoção,
enlevamos os desejos à mente colados,
vividos no palato dos sentidos
em puros-sangues montados.
É na razão [ou fora dela]
que abrigamos o banquete das ideias,
a vibrar à cadência da vontade
na ribalta dos sonhos
que a emoção lustra e nos ilustra.
 
Jaime Portela


65 comentários:

Ana Freire disse...

A razão estende-nos... o entendimento de um universo colorido... para o nosso paraíso de vontades...
Mas só a emoção consegue dar o valor às coisas, pessoas e lugares... não pela forma como elas se mostram... à luz da razão... mas por aquilo que elas significam... pois a emoção... sempre chega mais fundo, das superfícies... nas quais se detem a razão...
O eterno dilema... ver o mundo à luz da razão ou da emoção... muitíssimo bem expresso nesta brilhante poesia!
Beijinho! Continuação de uma boa semana, Jaime!
Ana

VictorNanny disse...

Não só com a vontade, nem só com a emoção, mas sobretudo com a razão, é que tudo faz sentido, "[ou fora dela]
que abrigamos o banquete das ideias..."
Gostei, Jaime!
Abraços e boa semana!

Aninha Ferreira disse...

qd temos razao td e colorido

Karocha disse...

Lindo Jaime

Vou pôr no meu mural

Bjocas

Laura Santos disse...

Que bela relação consequente fizeste entre a razão, a vontade e a emoção! Tudo o que fazemos e sentimos é, em síntese, resultado dessa interligação, desse entrelaçar de ratio e emoção, ambas a tentar dirigir a nossa vontade.
Belo poema, Jaime!
Bom fim de semana.
xx

tulipa disse...


Com muita emoção,
aqui estou
...

Obrigada pela visita
e pelo comentário que deixou.

Jaime, caso queira ver:

Fiz o post neste blog "OS MEUS PENSAMENTOS"
porque ... na realidade passou pelos meus pensamentos
o receio de estar na fila para visitar a Catedral de Milão,
.....pois todas as semanas
tem havido atentados em cidades europeias
e, quando há muitos turistas o perigo é maior.

Fomos todos revistados de cima a baixo!

Ontem mesmo - 6 de abril nas notícias online li isto:
Estado Islâmico ameaça derrubar Torre Eiffel e invadir Roma - Um novo vídeo do autoproclamado Estado Islâmico volta a ameaçar capitais europeias com ataques terroristas.
Os jihadistas do Estado Islâmico (EI) divulgaram um novo vídeo onde ameaçam derrubar a Torre Eiffel, em Paris, e a “nação da Cruz”, uma clara referência à cidade de Roma, em Itália.
Utilizando imagens de atentados recentes,
como os de Paris e Bruxelas, além das cenas do 11 de Setembro,
os radicais do Estado Islâmico falam em atacar outras cidades,
como Londres, Berlim ou Roma.
“Ontem foi Paris, e hoje Bruxelas, Alá sabe onde será amanhã”, diz o narrador em inglês. “Pode ser Londres ou Berlim ou Roma.”

clica no link:
http://pensamentosimagens.blogspot.pt/

Beijinhos.
Bom fim de semana.

Brisa disse...

Olá Jaime

Com emoção,escreves com a razão...os sinais à flor da pele,está aqui neste banquete de ideias que vibram em sonhos,nesta emoção da tua poesia...

Bjo e um feliz fim de semana

Cidália Ferreira disse...

Sempre com poemas soberbos! Amei

Deixo um beijo de boa noite.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Elvira Carvalho disse...

E só com a razão, a vontade e a emoção, ficamos completos.
Um abraço

lua singular disse...

Lindo
Obrigada
Lua Singular

Minhas Pinturas disse...

Ola Amigo Poeta seus poemas sempre cheios de emoção, vontade e razão. Estarão as emoções vencendo? Por um sim, por um não são sempre maravilhosos e envolventes.
beijinhos, Léah

Maria Teresa Valente disse...

Que a emoção não sobreponha a razão!
Poema bem sentido, amigo Jaime Portela,
abraços carinhosos
Maria Teresa

Pensamentos Com Asas disse...

Um belo conjunto que fizeste no seu poema. ( Razão, emoção, e vontade). Muito lindo, parabéns!

Tenha um lindo dia. Beijos

Renata Maria disse...

Com razão, vontade e emoção tudo se faz. Amei como sempre, Kaime.
Beijo e boma dia*

Odete Ferreira disse...

Razão, vontade, emoção... Tudo o que somos, pensamos ou fazemos acontece pela simultaneidade destes sentires. Não há divisórias, apenas um aposento. Contudo, há pessoas que conseguem "espartilhar-se" mais...
Apreciei imenso esta criação poética.
Bjo, Jaime :)

Mariazita disse...

Vontade e emoção, de mãos dadas, dão voz à razão para que ponha em prática as ideias que ambas comungam, fornecendo mais colorido e um novo sabor à vida.
Bom Fim-de-semana, querido amigo Jaime.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

O sentido das "coisas" é parte das emoções vividas.

Abraço
SOL

Diana Fonseca disse...

A razão só não consegue vencer a emoção.

Emília Pinto disse...

Se fossemos capazes de viver com o devido equilibrio, agiriamos com a razão, vontade e emoção na medida certa, sem que uma se sobrepusesse à outra. No entanto, esse equilibrio é muito difícil e acabamos por cometer exageros, deixando a razão fucionar em demasia, ou fazendo tudo com uma emoção desmesurada, não pensando devidamente no assunto antes de agir. E...temos que ter vontade para fazer, vontade para reflectir, vontade para colocar um pouco de emoção naquilo que fazemos. Só com vontade conseguiremos ter qualidade de vida, por mais que a vida ás vezes nos queira tirar essa vontade. Gostei muito, jaime. Um bom fim de semana. Beijinhos
Emilia

Wonder Silver disse...

Há momentos na vida da gente, que a gente se pergunta por que é que as coisas são assim. São nesses momentos, que paramos para refletir sobre o real sentido das coisas... descobrindo assim as certezas e as incertezas da vida que a gente vem carregando desde de sempre. O interessante disso tudo, é que não é apenas questão de rever os princípios, mas é questão de rever a sí mesmo, em quem você se tornou em como você interage com as pessoas, se perguntar por que as coisas são assim não adianta em nada se você não demonstra pra você mesmo o seu brilho, a sua força, a sua garra, o seu carisma, o seu alto astral, o seu vigor, sua juventude.
Não basta apenas mostrar para você mesmo, você deve agarrar isso com tudo, e provar pra todo mundo do que você é capaz...
Um belo texto meu grande amigo.... Desejo-te um feliz final de semana...
Um forte abraço!

Vieira Calado disse...

Bem composto, o poema!
Um forte abraço!

graça Alves disse...

E é isto ser humano e ser poeta.
Gostei!
beijinho

Aline Goulart disse...

O que razão percebe e descobre, só a emoção pode similar com profundidade. Contudo, nós necessitamos de ambas, pois o extremismo não nos permite enxergar o mundo da forma que deve ser enxergado. O equilíbrio é fundamental. Adorei o seu poema. Ótimo fim de semana. Beijinhos.

Vera Lúcia disse...


Olá Jaime,

Razão, vontade e emoção embasam nosso viver, determinando a qualidade/intensidade ou não da vida de cada um de nós. Equilíbrio entre razão e emoção pode favorecer nosso livre arbítrio, propiciando-nos escolhas saudáveis e mais promissoras.

Linda inspiração, traduzida num belo poema.

Ótimo final de semana.

Abraço.

Fá menor disse...

É como saber voar com os pés no chão.
Bom fim-de-semana, meu amigo.
Bjs

José Carlos Sant Anna disse...

E vamos deixando entrar por aquela porta a luz da razão, vontade e emoção para que a vida faça sentido. Belo poema, caro amigo!

Marta Vinhais disse...

A emoção e a razão... Completam-se ou não? É tudo uma questão de equilíbrio...
Interessante...
Obrigada pela visita...
Beijos e abraços
Marta

(Se houver erros desculpe, mas a mão direita está "doente" e estou a escrever com a esquerda)

rosa-branca disse...

Amigo Jaime, mais um poema para ler, reler e meditar. Gostei muito como sempre mas respondo-te em quadra como gosto. Bom fim de semana e beijos com carinho

Estou de mal com a razão
Pois esta minha vontade
Descobriu que o coração
Ama até à eternidade.

helia disse...

Um excelente Poema !
Bom Fim de Semana .

Andreia Morais disse...

Fantástico!

r: Também adoro chocolate :D

Ailime disse...

A emoção e a razão tantas vezes a confundirem a nossa vontade.
Magnífico poema.
Bjs e bom fim de semana.
Ailime

CÉU disse...

mto agradeço a sua presença no meu blogue, tal como os seus votos.
beijos.

Célia Rangel disse...

Ai está o eixo para "termos razão sem excluir a emoção"... A dosagem certa pelo bom senso, é o equilíbrio que muitas vezes nos falta...
Abraço.

heretico disse...

Razão - Vontade - Emoção...

muito bem dito, Jaime.

forte abraço

© Piedade Araújo Sol disse...

JP

com palavras melodiosas e sábias consegui definição para a razão a vontade e a emoção e assim dar asas à construção de um belíssimo poema.

muito bom.

boa semana.

beijo

:)

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Jaime
Essas três amigas que nos governam.

abç amg

CÉU disse...

correu bem, sim, Jaime, obrigada. agora, é Cronos quem dita, pke os desígnios da Razão, Vontade e Emoção não são determinantes, nem suficientes, neste caso.
Perfeito, mas aguardo um poema onde o céu se dissolva, ou eu, entre aspas.

boa semana.

beijo.

Mirtes Stolze. disse...

Boa tarde querido Jaime.
Que poema belíssimo, lhe indiquei para receber o premio Dardos. Uma feliz semana amigo. Enorme abraço.

Fê blue bird disse...

Amigo Jaime, vim aqui agradecer a sua carinhosa mensagem no meu blogue e deparo-me com um belo poema que nos faz reflectir sobre a vontade e o sonho do homem.
Um beijinho e boa semana

Magda Carvalho disse...

Bom poema :)
http://retromaggie.blogspot.com/

Arione Torres disse...

Oi amigo,
desculpe pela ausência, ando sem tempo para o blog, mas aos poucos venho retribuir o carinho! ♥
Lhe desejo uma excelente semana, abraços e fique com Deus!!

ॐ Shirley ॐ disse...

Cores, razão, emoção, são pratos servidos no banquete das ideias e totalmente aprovados pelo palato dos sentidos...Jorge, querido amigo, belo poema.
Abraços!

mixtu disse...

a razao e a emoção sao como aqueles irmaos desavindos nas partilhas
jajajaja

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Um verdadeiro mergulho na poesia por aqui!
Grato por me dar a conhecer este seu espaço bem agradável!
Um abraço
Rui - Olhar d'Ouro

dilita disse...

Olá Jaime Portela

Gostei; quem não gostará do que escreve?
Uma criação magnifica envolvendo estes três pilares.Razão,vontade, emoção.
Qual delas é mais importante? Todas!
Qual delas se pode colocar como farol? Nenhuma!

Qualquer uma das referidas, para ser valiosa, tem de ser usada (ou sentida) com equilibrio.

A razão, até se nos afigura mais forte e só por si valer como um todo - mas pensar assim é errado: quantas vezes mesmo com a razão em evidência, não é necessário contrabalançar com outra forças, como a moderação ou mesmo com uma dose ténue de silêncio?!
Em tudo o meio termo é o campeão.
E campeão, é também o Jaime, com a sua poesia muito rica de arte e conteúdo.
Abraço.
Dilita

Salete disse...

"É na razão [ou fora dela]
que abrigamos o banquete das ideias,
a vibrar à cadência da vontade
na ribalta dos sonhos
que a emoção lustra e nos ilustra".

Suas palavras são sempre lindas, Jaime e nunca perdem a coerência e a razão.

Gostei muito.

Beijo.

Suzete Brainer disse...

A razão é um condutor analítico importante,
mas na vontade com a emoção, a vida se
registra em sua importância.

Sempre bela a tua singular Poética, caro Jaime!!

Bj.

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Talvez fora dela ,não?Só assim se "sonha" na poesia.

beijinho doce

Graça Pires disse...

A razão, a vontade e a emoção tão rentes às palavras que só o poeta reconhece como suas...
Um beijo.

Agostinho disse...

Com toda a razão se espraia um poema.
Assim,
num mar azul como este,
sem fim.
Mesmo quando na racionalidade do acto
digam vais perder o pé.
Neste há a certeza da fé.

Pedrasnuas disse...

Somos a dança dos três "sabores"___ Que não aconteçam desníveis, quedas de água ou barragens ... e haverá carência de um ou mais ... e não é bom____ é no equilíbrio que reside a harmonia.

(Infelizmente continuamos a sepultar o coração de Jesus e a feri-lo de Morte. A essência da Páscoa continua sendo a mesma, pelo menos para mim, independentemente do que "publico")

Boa semana, querido JP.
Beijo :-)

MARILENE disse...

Com a razão vemos a realidade, nua e crua. Com a emoção é que a colorimos. Entre as duas, prevalece nossa vontade, o que desejamos, de fato, ouvir e abraçar. Muito belo, Jaime! Abraço.

Toninho disse...

Beleza de construção/reflexão amigo.
Asas à razão que vive a nos dar lição sobre a emoção.
Uma boa semana de paz.
Meu abraço

Sara com Cafe disse...

que lindeza!! belíssimo.

Arte & Emoçoes disse...

Razao, vontade e emoçao. A união dos três faz a força, e determina a nossa forma de ser. Belo poema Jaime.

Abraços,

Furtado.

Maria Rodrigues disse...

Quantas vezes a emoção e o coração esquecem a lógica da razão.
Lindo poema.
Jaime, recebi um prémio que circula na net e venho partilhá-lo consigo.
Para mim a importância não está no prémio em si, mas sim no que ele representa, a criatividade, imaginação, inspiração, bem como as horas e dedicação que cada um, dedica aos seus blogues deixando neles um pouco de si.
Provavelmente já recebeu de outros amigos esta recomendação, mas fica também aqui o meu reconhecimento pelo mérito do seu blogue.
Um grande abraço
Maria

Pedro Luso disse...

Jaime,
Do seu poema ressalto alguns versos também importantes, e que fazem jus estarem justamente nessa fase do poema, o seu patético (como se diz em retórica) ou no clímax (idem):

"É na razão [ou fora dela]
que abrigamos o banquete das ideias,
a vibrar à cadência da vontade
na ribalta dos sonhos
que a emoção lustra e nos ilustra."

Um abraço.

Tais Luso disse...

Razão! Quantas vezes precisamos usar a razão para sermos justos, mais equilibrados, menos briguentos... Mas não só ela; cada uma na sua hora. Usar a razão, apenas, há um perigo, pois ela um tanto fria...A emoção afaga, é terna, emociona. Pena que as duas quase sempre andam separadas.

bjus, amigo Jaime.

Andre Mansim disse...

Inteligente seu texto. Ele fala com maestria sobre esse dilema do ser humano.
Não é um simples poema.


Muito bom amigo!

Machado De Carlos disse...

Gratidão, querido amigo por nos oferecer belíssimos versos...
Grande abraço!

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, a emoção dá-nos a razão de sentir verdadeiramente a motivação, lindo poema.

M. disse...

Belíssimo, lúcido e cortante!

alexandra disse...

Lindo!

Um beijo,

Alexandra

Jaime Portela disse...

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Caros amigos
Obrigado pelos vossos comentários. Voltem sempre.
Entretanto, acabei de publicar novo poema. Espero que gostem.
Continuação de boa semana para todos.
Saudações poéticas.

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Linda Querluz disse...

Jaime,

Com toda razão ou por extinto, sem avaliarmos se temos ou não razão, corremos para ser felizes, nos jogamos, recuamos e nos jogamos novamente... Como disse Blaise Pascal: "O coração tem razões que a própria razão desconhece."
Belíssimo poema, amigo, para refletirmos bastante.
Um ótimo fim de semana para você, beijo.