Translate

quinta-feira, 30 de junho de 2016

És uma Deusa, afinal


Saíste da espuma do mar,
um rebanho branco nervoso do vento.
Imaginei-te sereia, princesa,
fada, moira ou feiticeira.
 
Num oceano de raivas fáceis,
navegámos sem nau
e não usámos
a bússola dos argonautas infames.
 
Vogámos ao sabor das correntes
de frases sem rédeas e, distraídos,
fundeámo-nos virgens
em portos estranhamente conhecidos.
 
À vela de sorrisos desfraldados,
brindámos, de mãos dadas,
com as nossas próprias taças
a transbordar de ternura.
 
Espartano, hesitei…
Então, o mar Egeu do teu corpo
a beijar o Monte Olimpo,
ofertou-me um oráculo.
 
Decifrei-o.
Procurei e encontrei-te:
No meio das tuas gregas colunas,
sucumbi no teu altar de Afrodite.
És uma Deusa, afinal.
 
Jaime Portela

51 comentários:

Karocha disse...

Que beleza Jaime

Bjocas e bfs

Mariangela do lago vieira disse...

Oi Jaime!
Que bom eu estar aqui.
Admiro a tuas magníficas inspirações,
são lindas demais!
Abraços, uma ótima tarde!
Mariangela

Daniel Costa disse...

Jaime

Poema de uma maravilhosa construção, Diria poema oração a uma deusa musa.
Postagem “Criação de São Paulo”
http://amornaguerra.blogspot.pt/
BRASIL: O SORRISO DE DEUS.
Abraços

Marta Vinhais disse...

O Amor viaja, sorri por entre os Deuses do Olimpo...
Eternamente...
Brilhante
Beijos e abraços
Marta

Ana Freire disse...

Abençoada musa, que inspirou mais um poema formidável, por aqui!...
Como sempre, um trabalho excepcional, Jaime! Parabéns!
Beijinho! Continuação de uma boa semana!
Ana

VictorNanny disse...

E para merecer o amor de Afrodite, o rei do Olimpo, Zeus, encarnado na figura de meu amigo Jaime, brindando-nos novamente com versos fortes em cada estrofe!
Não sei se consegui decifrá-lo, Espartano de além-mar, mas, foi assim que entendi seu poema!
Um forte abraço!

José Carlos Sant Anna disse...

Ó deusas do Olimpo, da imaginação, da fantasia. Há coisa melhor que essa conjunção para que o lirismo tome o seu assento no lugar devido?
Bravo, poeta!

Cidália Ferreira disse...

Uma verdadeira Pérola Poética!
Adorei.

Beijos de boa noite
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Nem sei o que dizer.Que lindo poema.Agora estou a comentar superficialmente.

Adorei e vou ler outra vez.A História feito poema...

Beijinho doce

lua singular disse...

Oi Jaime, sua cultura faz a minha se envergonhar.
Gostei
Eu não entendi: Espero que não mate o médico
Beijos
Lua Singular

Zilani Célia disse...

OI JAIME!
MAIS UMA OBRA PRIMA DE TUA MENTE POÉTICA.
LINDO MESMO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Gracita disse...

Olá Jaime
Abençoada Deusa que te inspirou nessa magistral construção poética
É o amor forte e pujante que domina o coração do poema e o faz descrever soberbamente um afogueado encontro de amor
Beijinhos no coração amigo

Ailime disse...

Bom dia Jaime,
"Uma Deusa, afinal" musa inspiradora de um poema de enorme qualidade.
Parabéns Grande Poeta!
Beijinhos e bom fim de semana.
Ailime

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Uma deusa e musa que inspirou você em tão lindos versos.
Cada palavras é como uma oração.
Adorei Jaime.
Bjs e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

tulipa disse...


Gostei do poema!

Principalmente desta parte:
"Procurei e encontrei-te:
No meio das tuas gregas colunas,
sucumbi no teu altar de Afrodite."

Realmente tens uma MENTE POÉTICA.

Já reparei que normalmente vens dizer-me:
Tulipa, tem um bom fim de semana.

Hoje adiantei-me
e vim eu desejar-te um bom fim de semana.

Porquê?
Porque ando afastada de todos os meus blogues
nestas 2 semanas nada fiz, não visitei ninguém também
Vim agora ao teu blog, apenas.

Espero dentro de dias retomar a minha actividade na Blogosfera.
Beijo.

Aninha Ferreira disse...

parece que apareceu mesmo uma deusa e que inspirou hehe

Mar Arável disse...

Os sonhos também são realidades

heretico disse...

andar a deriva no mar Egeu e trepar ao Monte Olimpo é prazer que os deuses sempre invejam aos mortais.

belo poema - pagão e puro

forte abraço, caro Jaime

Aline Goulart disse...

Belíssimas palavras, Jaime.
A sua poesia nos encanta, como sua Deusa te encantou.
Ótimo fim de semana. Beijinhos.

AFRODITE disse...

Com um poema destes, tu até consegues derreter uma pedra de gelo!!
Isto é metáfora atrás de metáfora...
Muito bom, estás mesmo de parabéns!

Beijo d'Afrodite
(^^)

Pedrasnuas disse...

Viajei dentro de uma mitologia majestosamente criada e burilada! De ti também já não se pode esperar outra coisa. O oráculo concedeu-te o dom de permanecer na crista da inspiração!

Querido amigo, JP. Foi um prazer ler as tuas sábias palavras, lá do outro lado! Confio plenamente no teu bom gosto, nem podia ser de outra forma!

O teu poema ficou, o que sempre fica, uma obra prima, uma pedra preciosa( lembrei-me...) !

Beijo para o espartano.

Cláudia Forte disse...

uaalll, meu amigo, quanta inspiração! quero te desejar um final de semana regado de muitas alegrias! beijo enorme!

PS: Ah, todos os comentarios q fizeste estão lá no blog só q em posts diferentes. bjbjs

Majo Dutra disse...

~~~
Foste beber em águas cristalinas do Olimpo

e Erato foi pródiga e até de Euterpe favoreceu-te,

na conceção deste terno poema de veneração e paixão absolutas.

Muito belo, Jaime!

Beijo, amigo.
~~~~~~~

Ps - Espero-te hoje na minha tertúlia poética.

Suzete Brainer disse...

Um poema belíssimo, Poeta!

Na tua arte poética, as metáforas pousam
no espaço das palavras ricas de beleza.

Bom final de semana, caro Jaime.
Beijo.

Anjopoesia Anp disse...

Uma deusa do amor que o inspirou nesses lindos versos...gostei

Minhas Pinturas disse...

Querido Poeta, belíssimo poema que não poderia ser menor em beleza já que a musa é uma deusa. Parabéns,
Beijinhos, Léah

Andreia Morais disse...

Sempre com belos poemas!

r: Sem dúvida, há filmes de dança com coreografias extraordinárias
Bom domingo

tulipa disse...


Vês?

Não gosto de fazer planos!

Aconteceu, que afinal

fiz mesmo um post novo no meu blog:
http://tempolivremundo.blogspot.pt/

Vi uma notícia e, peguei nela e adaptei

e fiz um artigo (post) baseado nela - pois tem a ver com a minha Vida.

Sobre passeios
huuummmm
não me convidem para ir
nestes 3 meses do ano:
de 15 de Junho a 15 de Setembro
EU HIBERNO de Verão!

Não consigo sentir o Sol na pele,
sou alérgica
e passo muito mal com o calor.

Beijinho.

Parapeito disse...

lindo lindo...abençoada a musa.
Abraço e brisas doces **

Emília Pinto disse...

Neste rio feito de palavras que no seu leito vai correndo em direcção ao mar ou entao juntar-se a um maior para num abraço ambos encontrarem as águas do oceano há margens, sim! Sempre belas essas margens, misturando-se rostos, olhos com lágrimas, sorrisos e até estridentes gargalhadas; há de um tudo nestas beiras de rio, mas, o que nunca falta é o amor, cantado em verso, em prosa, ou apenas vivido, sentido, chorado e tantas vezes muito sofrido. Mas é assim a vida, é assim o teu rio que nem sempre segue calmo; por vezes o seu leito é tortuoso e...as margens simplesmente desapareceram. O que nunca desaparece é a beleza das tuas palavras, mesmo deixando-as correr água abaixo.. Um beijinho, Jaime
Emilia

CÉU disse...

Que fantástica conclusão, a que chegou, meu querido amigo, Jaime... Imaginou-a de tantas formas, com tantas nomenclaturas, mas afinal, alcançou a melhor, a mais divina, a mais soberana, dentro dos limites femininos, logica e tristemente. Zeus não se importa, porque a própria taça dele transborda com muitas e em mtas, e embora seja corpulento, anda sempre aliviado, talvez por isso, quem sabe, ou será esfaimado... Coisas de deuses...

Nestes momentos não são precisos instrumentos de orientação, pke tem, c acento, os vossos, genericamente falando, k são do melhor tipo, qualidade, forma, género, oposto, e número, mais que plural, mas singularmente, um do outro e para o outro e k se encaixam, perfeitamente. Espartano, todos os deuses ficam, quer os do Monte Olimpo, quer os do de Sta. Luzia, mas receber um oráculo não é para qquer um. Ainda bem k o decifrou, mas, se calhar, viu-se grego para o conseguir. Todavia, valeu a pena, pke encontrou a sua Afrodite, morrendo no altar dela. E eu k imaginava k as deusas não tinham altares, antes açudes, ribeiras bravas, fartas e raras.

Gostei mto desta ida a, c acento, ao mundo grego de outrora, k pode ser atual, poeticamente, e k me fez recordar episódios bem interessantes desta brilhante civilização.

Beijo e boa semana.

Maria Teresa Valente disse...

Quanta beleza em teu poema, caro poeta Jaime Portela!
Onde a ternura transborda brindando a vida...
Gratidão pela partilha, excelente semana!
Abraços carinhosos
Maria Teresa

tb disse...

Há sonhos que se materializam...
belo poema!
um beijinho.

Graça Pires disse...

Era com certeza uma deusa. Veio para embelezar a forma imprevista das palavras com que fizeste este poema...
Um beijo, amigo.

© Piedade Araújo Sol disse...

JP

e eu a pensar em sereia...afinal existem mesmo Deusas

um belo poema de amor e sedução.

boa semana com muita inspiração.

beijinho

:)

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Os cordeiros desse Mar,
Que trás o vento de norte,
São rebanho de endeusar
O pasto, a vida e a sorte
Das Deusas do teu altar.


Magnífico!...


Abraço
SOL

Arte & Emoçoes disse...

Gostei do poema Jaime! Belo, profundo e um tanto metafórico.

Abraços,

Furtado

Mariazita disse...

Eis o que, literalmente, se pode chamar " um Amor de deuses" - a deusa, deusa, e o deus, poeta.
Depois de muito navegar por entre nuvens de branca espuma, a revelação aconteceu – o poeta descobriu a deusa.
Adorei este poema, com forte sabor a maresia, num apelo para a beira-mar…


Votos de uma semana muito feliz, amigo Jaime.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Teresa Isabel Silva disse...

Oh muito bonito!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

Maria Rodrigues disse...

Um hino de amor a uma Deusa especial.
belissímo poema
Um abraço
Maria

graça Alves disse...

Sempre o mar e a sensualidade!
bj

luisa disse...

Uma Deusa do mar...:)

Teresa Silva disse...

Lindas palavras!

Bjxxx
A Pequena Boneca de Trapos | Facebook | Instagram

Fê blue bird disse...

Jaime:
Depois desse maravilhoso navegar, encontrar e sucumbir perante a musa/deusa inspiradora, é realmente de louvar, e o meu amigo poeta sabe fazê-lo tão bem.

Um beijinho

Fá menor disse...

Belíssimo enaltecimento!

Bjos

rosa-branca disse...

A Deusa do amor. Que bom ser a deusa do poeta. Amei demais. Amigo Jaime, uma boa semana e beijos com carinho

Tais Luso disse...

Olá, Jaime, muito bonito, inspiradíssimo o poeta!
Como sempre.
Beijos, um ótimo resto de semana!

Jaime Portela disse...

============================================================

Caros amigos
Obrigado pelos vossos comentários. Voltem sempre.
Entretanto, acabei de publicar novo poema. Espero que gostem.
Continuação de boa semana para todos.
Saudações poéticas.

============================================================

Brisa disse...

Jaime
Um brinde à Deusa...

Bjo

Clau disse...

Olá Jaime,
Adorável inspiração...
Suas poesias são sempre românticas,
suaves e muito belas.
Beijos!

Gisley Scott disse...

Texto lindo, com muito amor, paixão e devoção!
Parabéns!

www.vivendolaforanoseua.blogspot.com