Translate

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

O tempo em que te olho é sempre estreito


Na imagem que eu trago comigo,
vejo-te nos madrigais
com que decoro as tuas coxas roliças
invadidas por sóis
que me pintam iluminações natalícias,
sempre acesas nos teus lábios
com sorrisos de hortelã.
Vejo-te de olhos imensos, feéricos,
abarcados por dez mãos
[uma mão em cada dedo, os meus]
que afagam os aromas no mar dos teus cabelos
que hão-de parecer de sereia.
Mas,
na imagem que eu trago comigo,
és tão fugaz… és uma estrelinha cadente,
um bocadinho de sol que quase não vejo,
que nem me dá tempo de um beijo.
Vejo-te, quase sem te ver,
como ave migratória que se dissipa na bruma,
perdida em menos de um gesto
mal cai a cerração num ponto de mira distante.
Maria, o tempo em que te olho é sempre estreito,
inventemos horas mais largas,
mais intensas que o fulgor do teu olhar,
para melhor te mimar.
 
 
PS: dedicado à minha neta Maria
                                    
Jaime Portela

51 comentários:

Karocha disse...

Lindo Jaime

Bfs
Bjocas

Marta Vinhais disse...

Uma neta que decerto o vai mimar também e conquistar os sóis quando a bruma se desvanecer...
Parabéns.... Que todos os momentos sejam felizes....
Beijos e abraços
Marta

Célia Rangel disse...

O que não fazemos por nossos/as netos/as... Ter um vovô poeta desse 'naipe' é de estimado valor! Eternas lembranças!
Abraços.

Anónimo disse...

Felicidades ao nono Jaime e sua netinha Maria.:)

Brisa disse...

Meu querido amigo Jaime
Que bela dedicatória...Na imagem,que pintaste,já se sente,um cheirinho a Natal.
"Vejo-te,quase sem te ver,"
Adorei esta frase...

Bjo e obrigada pelas tuas palavras...Desejo-te um bom fim de semana

luar perdido disse...

Feliz a tua "Maria" por ter um poema tão doce, tão intenso e tão belo, que o Avô lhe dedicou. Uma pintura terna de alguém teu.
Lindo, querido amigo, lindo.
Beijo de luar

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso!

Beijo

Arco-Íris de Frida disse...

Mas,
na imagem que eu trago comigo,
és tão fugaz… és uma estrelinha cadente,
um bocadinho de sol que quase não vejo,
que nem me dá tempo de um beijo.

Lindo poema... e feliz da Maria que ja recebe versos tao amorosos do avo...

Beijos...

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Muito lindo Jaime esse poema dedicado a sua neta Maria!
Nossos netos são presentes de Deus.
Bjs,obrigada pela visita e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

Natalia Nuno/Rosafogo disse...

Um poema terno, duma grande beleza que do ínicio ao fim eu comparo a uma trepadeira de ambar que cresce até aos céus.Carinhoso o Poeta com os seus descendentes, gostei amigo.

Bj.

Rosa Mattos disse...

Bem bonito este, Jaime, como todos os seus poemas.

Um abraço/

Agostinho Barros disse...

Gostei muito do seu texto , e do seu blog . segui!

www.culturadeescape.blogspot.pt/

Become part of Cultura de Escape World:
Facebook PageBloglovin'Blogs de PortugalGoogle +InstagramPinterest

Suzete Brainer disse...

Caro Jaime,

Um poema belo e terno para tua netinha.
Um presente inesquecível e eterno, este
teu poema do brilho do olhar do amor sublime.

Beijo.

VITORIO NANI disse...

Uma neta que ganha um poema de um avô apaixonado pela vida, é sem dúvida, um belo presente compartilhado conosco, Jaime!
Abraços!

Maria Rodrigues disse...

Palavras plenas de amor, admiração e carinho para a sua netinha.
Belíssimo poema.
Um abraço
Maria

PÈTALA disse...

É sempre estreito, quem amamos
Mas dão muita alegria e satisfação
De tudo, são o que mais gostamos
Enchendo de exultação, o coração!

Poema tecido com filigranas de amor!

Abraço

Graça Pires disse...

Uma neta que inspira te ainda mais. Um poema cheio de ternura e com imagens que nos transportam para o lado mais bonito da esperança...
Um beijo, Jaime.

Ana Freire disse...

Que palavras maravilhosas, dedicadas à Maria!
Certamente ainda inventarão muitas horas, onde caibam um sem fim de momentos deliciosos e inesquecíveis, para ambos...
Adorei o poema, Jaime! Beijinho!
Bom fim de semana!
Ana

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, lindo poema dedicado á sua neta Maria, sente-e em cada umas das palavras o amor que lhe dedica.
Bom fim de semana,
AG

Agostinho Barros disse...

Ainda bem que gostou caro Jaime, estarei sempre atento ao seu cantinho que tem tanto de bom !

www.culturadeescape.blogspot.pt/

Become part of Cultura de Escape World:
Facebook PageBloglovin'Blogs de PortugalGoogle +InstagramPinterest

Fá menor disse...

«Vou pedir ao tempo,
que me dê mais tempo
para olhar para ti»

(Marisa, in: https://www.youtube.com/watch?v=9kmwY1Z3YNY)

Beijinhos ao avô e à neta :)

© Piedade Araújo Sol disse...

JP

um poema cheio de ternura e carinho, para a Maria que deve ser pequena, mas um dia vai ler e entender.

um bom fim de semana.

beijinhos

:)

Andreia Morais disse...

Tão lindo *.*

r: Obrigada e igualmente!

São disse...

Beijinhosssss para a Maria e grande abraço para ti !

Felicidades para ambos

Toninho disse...

Lindo e pleno de ternura mestre.
Encanto sempre faz bem a poesia.
Meu terno abraço e bom domingo.

Mariazita disse...

O mar sempre como pano de fundo nos teus poemas, caro Jaime.
A Maria é uma neta com sorte, não só por ter um avô com uma qualidade poética de primeira grandeza, como por ser alvo de um dos teus belos poemas.
Parabéns.

Votos de um Domingo feliz
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Daniel Costa disse...

Jaime
Felicidade da neta ter um avó, poeta de talento como tu, e lhe dedica toda essa consideração e amizade. que ela a saiba merecer!
Agradeço que veja, leia e comente BRASIL - O SORRISO DE DEUS.
Goiás e o Planalto.
Abraço

Pedrasnuas disse...

"O tempo em que te olho é sempre estreito"! Não pode ser! Este é um tempo que não podes perder!A Maria vai crescer...nunca mais voltará a ser essa estrelinha cadente ! Inventa horas mais largas, o mais urgente possível! É hora de a mimares como nunca!

Parabéns ao avô e à neta!

Boa semana, querido amigo,JP!

Pedro Coimbra disse...

O amor de avô é mesmo uma coisa única, não é?
Vejo isso nos meus pais ao pé das netas.
Aquele abraço, boa semana

Vera Lúcia disse...


Olá Jaime,

Conforme disse no face, o poema me encantou por sua beleza e pela ternura da homenagem.
Adorei reler!

Feliz semana!

Abraço.

lua singular disse...

Oi Jaime
Maravilhosa dedicatória à sua neta
Parabéns aos dois
Beijos
Lua Singular

Magia da Inês disse...

✿゚ه° ·.
Maria sempre lembrará que foi inspiração para seu avozinho.
Felicidade para vocês dois!
Boa semana, com tudo de bom!
Beijinhos.

⎝❀ه° ·.

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Parabéns a si e à neta
Que recebe essa homenagem!
É como uma salvatagem
Da memória de um poeta.

Que poesia seleta
Representa esta postagem!...
Ela será a imagem
Da palavra de um profeta

Dita ontem a um futuro
Sereno ao porto seguro
Da nau que a carga é ternura.

Este seu poema, juro,
Eu vejo como um auguro
À poetisa futura.

Meu abraço fraterno e parabéns!

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Parabéns a si e à neta
Que recebe essa homenagem!
É como uma salvatagem
Da memória de um poeta.

Que poesia seleta
Representa esta postagem!...
Ela será a imagem
Da palavra de um profeta

Dita ontem a um futuro
Sereno ao porto seguro
Da nau que a carga é ternura.

Este seu poema, juro
Eu vejo como um auguro
À poetisa futura.

Meu abraço fraterno e parabéns!

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Parabéns a si e à neta
Que recebe essa homenagem!
É como uma salvatagem
Da memória de um poeta.

Que poesia seleta
Representa esta postagem!...
Ela será a imagem
Da palavra de um profeta

Dita ontem a um futuro
Sereno ao porto seguro
Da nau que a carga é ternura.

Este seu poema, juro,
Eu vejo como um auguro
À poetisa futura.

Meu abraço fraterno e parabéns!


SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Parabéns a si e à neta
Que recebe essa homenagem!
É como uma salvatagem
Da memória de um poeta.

Que poesia seleta
Representa esta postagem!...
Ela será a imagem
Da palavra de um profeta

Dita ontem a um futuro
Sereno ao porto seguro
Da nau que a carga é ternura.

Este seu poema, juro,
Eu vejo como um auguro
À poetisa futura.

Meu abraço fraterno e parabéns!


Elvira Carvalho disse...

Belo poema. Beijinho para a musa Maria, que o inspirou.
Um abraço

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Parabéns a si e à neta
Que recebe essa homenagem!
É como uma salvatagem
Da memória de um poeta.

Que poesia seleta
Representa esta postagem!...
Ela será a imagem
Da palavra de um profeta

Dita ontem a um futuro
Sereno ao porto seguro
Da nau que a carga é ternura.

Este seu poema, juro,
Eu vejo como um auguro
À poetisa futura.

Meu abraço fraterno e parabéns!

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Parabéns a si e à neta
Que recebe essa homenagem!
É como uma salvatagem
Da memória de um poeta.

Que poesia seleta
Representa esta postagem!...
Ela será a imagem
Da palavra de um profeta

Dita ontem a um futuro
Sereno ao porto seguro
Da nau que a carga é ternura.

Este seu poema, juro,
Eu vejo como um auguro
À poetisa futura.

Meu abraço fraterno e parabéns!

Ana Tapadas disse...

Belo poema por onde passa a mulher que habita o teu amor...

Bjs

Minhas Pinturas disse...

Caro amigo lindo poema, e sei que jamsis será esquecido por Maria.
Parabéns pela neta que o inspirou, e por você este magnífico poeta que és.
beijinhos, Léah

CÉU disse...

Que palavras doces e nunca estreitas, Jaime! Beijos para ambos

Majo Dutra disse...

B e l í s s i m o!

Uma obra de arte que será um dos tesourinhos
que guardará para a vida.
Parabéns amigo, gostei muito.
Beijinhos.
~~~~

Daniela Silva disse...

Pura doçura!

Beijinho,
Daniela Silva
❀ Diamonds In The Sky

Anónimo disse...

[url=http://buy-pillsviagra.org/]buy-pillsviagra.org.ankor[/url] priceslevitra-generic.com.ankor http://onlinewithoutprescriptionpropecia.net/

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Sublime dedicatória!
Abraço!

Jaime Portela disse...

============================================================

Caros amigos, obrigado pelos vossos comentários. Voltem sempre.
Entretanto, acabei de publicar um novo poema. Espero que gostem.
Continuação de boa semana para todos.
Saudações poéticas.

============================================================

Ailime disse...

Boa noite Jaime,
Que ternura e ao mesmo tempo tão intenso este magnífico poema para sua netinha Maria!
Fiquei emocionadissima!
Beijinhos e muitas felicidades para a Maria!
Ailime

graça Alves disse...

Um título magnífico para um poema magnífico!
bj

rosa-branca disse...

O afago a ternura de mão dadas para melhor mimar. Delicioso poema que amei demais. A Maria vai decerto ficar orgulhosa, com este poema tão doce. Jaime, uma boa semana e beijos com carinho

Odete Ferreira disse...

Tenho vindo, aos poucos, a ler as tuas publicações, desde 29 de setembro. Parei aqui e bem sabes porquê :)
A minha neta afetiva também se chama Maria (é só filha da minha nora) e amo-a como se fosse do meu sangue, mas só veio para a família quando já tinha 4 anos. Agora, em relação ao meu netinho, Ivo, que completou 1 mês dia 02 de fevereiro, é algo tão único que me revejo no teu poema. Também já escreve uns 4 poemas sobre o sentir de avó... :)
"na imagem que eu trago comigo,
és tão fugaz" - é mesmo assim!
Que mais dizer? Adorei!
Dias luminosos para a tua Maria!
Bj, amigo :)