Translate

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Levantei o sol


Levantei o sol
em manhãs de chuva cinzenta,
cosi estrelas
em cortinas bordadas de silêncios,
sem que as palavras
[daninhas que fossem]
tivessem rompido.
Atei as mãos
à ausência do teu rosto,
cravei o corpo que desejo no meu peito,
sem que o sorriso
[hotel de memórias tuas]
fosse varrido pelo sopro do tempo.
Adormeci no sonho
de voar em montanhas de volúpia,
despertei em abismos
de saudade relutante,
sem que as auroras
[madrugadas submersas de ti]
brotassem francas de brumas.
Enquanto isso,
construí outro leito,
para que não adormeças
na pedra fria de palavras.
Espera-te um jardim
onde cultivei as tuas rosas, regadas
com beijos de sol e abraços de lágrimas.


Jaime Portela


50 comentários:

O Poeta disse...

Muito bonito.

Maria Rodrigues disse...

Que o sol se levante sempre iluminando o caminho de todos. Maravilhoso poema. Jaime, hoje passo especialmente para lhe desejar um Natal muito Feliz e um Ano Novo pleno de sonhos realizados, alegrias constantes, excelente saúde, e incontáveis momentos felizes.
Um abraço
Maria

Gracita disse...

Olá Jaime
Magistral e tão pleno de romantismo e intenso amor
Que neste natal e em todos dias do próximo ano passamos fazer de Jesus nosso melhor amigo, pois ELE é o maior motivo do Natal e da nossa existência.
Feliz natal pleno de amor e harmonia e um ano novo de paz, amizade, humildade e sabedoria
Beijos com imenso carinho,
Gracita

A Nossa Travessa disse...

Caro Jaimamigo

CONTINHO DE NATAL

Os Magos e o Menino


Cá está ele o prometido continho de Natal que tenta ser iconoclasta e divertido q.b. Sai hoje na NOSSA TRAVESSA. Oxalá não achem muito exagerado… e comentem… E divulguem. Obrigado.
Um bom Natal e o melhor Ano Novo para todas e todos

Qjs & abçs do Henrique, o Leãozão


Mª Jose M. disse...

Neste rio sem margens repouso o olhar.Verso a verso, percorro o poema.
Depois, sigo o curso das águas e saio em silêncio.

Dizem que é tempo de dar presentes.

verso livre

I.
Sentou-se ainda sem saber se valeria a pena o tempo da espera
mas foi dando corpo às palavras, formas breves e luminosas...
O verso soltando-se livre e depois aprisionado no branco papel.

II.
Pousou a caneta , soltou o olhar pelo papel ...
Leu e releu o verso preso ,instante revelado na dor.
Soprou a folha de papel e deixou-o ir com o vento.

Festas Felizes
Abraço, MJ





Karocha disse...

Que lindo Jaime !!!

Bom Natal para ti e todos os teus

Bjocas

Cidália Ferreira disse...

Poema encantador, lindo demais!

Beijinhos- Boas festas

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

saudade disse...

Belíssimo, como sempre....
Sem tempo para muito....
Passei para lhe desejar um Bom Natal na companhia dos que mais ama....
Beijo de...
Saudade

Existe Sempre Um Lugar disse...

Votos de Natal Feliz em família.
AG

alfacinha disse...

Poema lindo
santo e Feliz Natal

lua singular disse...

Oi Jaime, desculpa a demora. Não estou bem e nem vi os comentários
Você é um poeta, escreva um livro, já tenho vários livros de blogueiros de Portugal. Qualquer dia vou fazer uma homenagem a todos os livros portugueses e brasileiros que enfeitam minha estante.
Beijos no coração
Lua Singular

Beijaflor disse...

Caro amigo Jaime!

O amor e natureza envolvente
Se propagam como feixes de luz
Em que tudo fica resplandecente
E para as coisas belas os conduz!

Este rio só poderia ser mesmo sem margens, porque o belo está sempre a extravasar!

Boas festas

Abraço

Mirtes Stolze. disse...

Boa noite Jaime.
Muito lindo seu poema meu amigo, vim lhe desejar um lindo Natal cheio de alegrias e que 2017 seja maravilhoso para voce e toda a sua familia. Forte abraço.

Brisa disse...

Meu querido Jaime
Que lindo poema de amor... Construís-te com palavras um jardim florido de beijos e abraços que mesmo com lágrimas,consegues levantar o sol ( sorriso... )
Deixo-te um beijo e um abraço de UM BOM NATAL

Andreia Morais disse...

Que lindo *.*

r: Também adoro futebol! Mas tenho espaço para ambos :)
Obrigada e igualmente, para si e para os seus

Manuel Veiga disse...

muito bem, caro amigo Jaime.
um belo poema repleto de belíssimas imagens poéticas

"Atei as mãos/à ausência do teu rosto"
dizer assim não está ao alcance de todos.

forte abraço

agardeço e retribuo com amizade os votos de Boas Festas

Majo Dutra disse...

~~~
B e l í s s i m o !

Aprecio sobremaneira os teus poemas de amor puro
e intensa e dulcíssima paixão.
Fechas o ano com uma maravilhosa chave de ouro...
Amanhã, ainda publico e espero um abraço teu.
Beijinho, amigo.
~~~~~~~~~

anamar disse...

Obrigada pela sua visita. Boas Festas. Beijinho

graça Alves disse...

Bonito e apaixonado, como sempre!
Boas Festas!
beijinho

Agostinho Barros disse...

Linda poesia :)

www.culturadeescape.blogspot.pt/

Become part of Cultura de Escape World:
Facebook PageBloglovin'Blogs de PortugalGoogle +InstagramPinterestwww.culturadeescape.blogspot.pt/

Become part of Cultura de Escape World:
Facebook PageBloglovin'Blogs de PortugalGoogle +InstagramPinterest

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Maravilhoso meu caro amigo.

🎄🎅FELIZ NATAL🎄🎅

Daniel Costa disse...

Jaime Portela
Sempre iluminados os teus poemas, como este, sempre têm a magia da poesia.
Felizes Festas.

Cidália Ferreira disse...

Passei para;
Que o este Natal seja de: Paz...Amor...harmonia, no aconchego familiar, sem entrarmos em exageros...Principalmente, que tenhamos saúde. Extensivo aos vossos familiares e amigos.
Que todo o Mundo tenha direito ao Natal... BOAS FESTAS.

Marta Vinhais disse...

Que haja sorrisos... Que haja sempre um jardim feito de amor.... Mesmo que a distância seja grande e nos encha de saudades....
Lindo...
Obrigada pela visita
Desejo um Feliz Natal....
Beijos e abraços
Marta

Pedrasnuas disse...

Os teus poemas,na maioria das vezes, dão volta à cabeça ...tentar desbravar tanta metáfora, é obra! Faz-me lembrar aqueles quadros com múltiplas interpretações... digo eu, são obras ricas e plenas de histórias que se interpenetram umas nas outras!

E levantar o sol... e construir outro leito, cultivando as rosas de alguém! Acredito que sejas muito bom em "jardinagem".

Beijo Natalício e continua a cultivar essas rosas que te inspiram tanto! Beijo, amigo, JP.

MEU DOCE AMOR disse...

Feliz natal e um ano cheio de surpresas agradáveis

Beijinho doce:)

luar perdido disse...

Que jamais faltem as rosas - as preferidas - ainda que regadas com abraços e lágrimas, porque as estrelas cosidas nas cortinas bordadas de silencio, vão brilhar, como sóis, em céus estivais.
Belo poema de amor, Jaime.

Desejo-te e aos teus, um Feliz Natal, em Paz e Harmonia.
Beijo de luar

Lilá(s) disse...

As luzes cada vez mais brilham nas ruas...
Que este Natal a maior luz brilhe dentro de cada coração.
Desejo-te um Natal cheio Paz e Alegria , Saúde e Amor
Bjs

rosa-branca disse...

Mais um poema lindo e [tão teu] que amei demais. Toca a levantar o Sol senão fica a dormir e deixa de aparecer...o final é de mestre... beijos de sol e abraços de lágrimas. Querido poeta que tenhas um Natal muito feliz com muita saúde, paz e muito amor, junto de quem mais amas. Beijos com carinho

AC disse...

Um Feliz Natal, pleno de esperança e saúde, e que o próximo ano seja totalmente inspirador!

Abraço

Aninha Ferreira disse...

feliz natal

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Belo Poema. O sol , sempre que nasce,é para todos. As sombras são obstáculos a que não deixam beneficiar por igual.
Gostei do teu Poema.

Votos de Natal Feliz.

Abraço
SOL

Tais Luso disse...

Um ótimo Natal, Jaime, para você e sua família! Aproveito para agradecer esse ano de intercâmbio, amigo, foi ótimo tê-lo em meu espaço. Que 2017 continue a lhe trazer muitas inspirações e belos poemas!
Beijo, até lá!!

CÉU disse...

E fez tanta coisa, por amor, só por amor. Beijos e boa semana, Jaime!

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Jaime.
Mesmo eu com tempo extremamente corrido, arrumo um para apreciar a tua poesia que é sempre intensa e belíssima.
Aplausos, poeta.
Tenha uma semana de muita paz e um 2017 repleto de luz, saúde e amor!
Fé, sempre!
Beijos na alma.

Suzete Brainer disse...

Belíssimo poema, esta tua inspiração grandiosa
que borda o voo das metáforas de forma única.

Grata pelos teus votos e carinho no meu espaço e
retribuo que tu tenhas passado um natal feliz
com a tua família na paz e harmonia, meu amigo!

Uma ótima semana para ti.
Beijo.

Fá menor disse...

Devemos sempre regar as nossas rosas.

Boa continuação de Felizes Festas!

lua singular disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Ailime disse...

Boa tarde Jaime.
Um poema muito belo!
Brilhante como a luz do sol.
Quero agradecer os seus votos de Boas Festas esperando que o seu Natal tenha sido muito abençoado junto de sua família,
Feliz 2017!
Beijinhos,
Ailime

A Nossa Travessa disse...

E vem aí dentro de dias 2017; oxalá que seja menos mau do que este 2016 felizmente prestes a acabar. E junto o desejo de que o novo traga muita saúde, paz, amor e solidariedade.

Henrique, o Leãozão

Existe Sempre Um Lugar disse...

Feliz ano de 2017 com a concretização de todos os sonhos

Graça Pires disse...

O sol, as rosas, o amor, o desejo. Tudo anuncia e denuncia, neste poema, uma grande paixão.
Um ano de 2017 cheio de tudo o que é bom, Jaime.
Um beijo.

lua singular disse...

Oi Jaime
Sua poesia é uma coisa de pele, linda a quem a lê.
Adoro cada palavra que junta em frases principalmente de amor.
Suas poesias são regadas de competência e amor.
Abraços
Lua Singular

tulipa disse...


Olá Jaime

estamos naquela época
em que me apetece
hibernar

estou mesmo desinteressada
de tanta farsa
tanto consumismo

Uma época em que o principal
deviam ser os "Valores"
as emoções
a partilha
e, ao contrário
tudo acontece menos isso.

Tomara já a 2ª semana de Janeiro!!!

Não vim cá pelo Natal
(já deves ter percebido que nem aqui
nem em mais nenhum outro blog)

mas, vim agora desejar

Feliz ano de 2017 com a concretização de todos os sonhos

Beijinho.

Rosa Carioca disse...

Passando para desejar um Feliz Ano Novo!

Jaime Portela disse...


@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Caros amigos, obrigado pelos vossos comentários. Voltem sempre.
Entretanto, acabei de publicar um novo poema. Espero que gostem.
Continuação de boa semana e um FELIZ 2017 para todos.
Saudações poéticas.

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

MARIA DA FONTE disse...

«Atei as mãos
à ausência do teu rosto,
cravei o corpo que desejo no meu peito,» Quanta beleza!

Teresa Almeida disse...

Sabes preparar-te para receber o amor!
Deixo a minha admiração pela tua poesia, Jaime.
Beijo.

Agostinho disse...

Repleto de imagens de ânsia o poeta espera na certeza que o amor há-de vir visitar o seu jardim plantado de aromas sussurrantes de esperança.
O amante que espera botões de rosa por certo os alcança.
Abraço.

Dorli Ramos disse...

Oi Jaime,
Trouxe meu bloguinho para conhecer o seu
Beijos
Minicontista2