Translate

quinta-feira, 23 de março de 2017

Procura-me



Procura-me nas tuas palavras,
nos teus gestos ou no disfarce
da serenidade que te devasta.
Esmagarei o que te assombra.

Descobre-me no teu corpo,
no teu sangue ou no amordaçado recato
que desmaia o teu olhar.
Lamberei as tuas feridas.

Segreda-me os teus medos,
os teus silêncios ou as fraquezas
que estalam desalmadas no teu peito.
Beijarei a tua alma.

Procura-te, do teu vinho serei ébrio
a voar no teu regaço.

Descobre-te, serás a pele que bebo
nas asas do meu abraço.

Jaime Portela



45 comentários:

Karocha disse...

Uma beleza Jaime

Bfs

Bjocas

Cidália Ferreira disse...

Poema tremendamente lindo! Parabéns :)

Beijinhos

Odete Ferreira disse...

Ser (saber-se ser e querer ser) porto de abrigo e cais de descanso, é essencial na construção do edifício do amor. E o poeta deixou esse percurso muito bem plasmado em verso, resultando, daí, um belo poema.
Bjo, Jaime :)

María Perlada disse...

Un poema muy bello.

Besos.

Célia Rangel disse...

Uma busca de egos amantes sensacional! Muita sensibilidade projetada na vivência amorosa. Tocante poema.
Abraço.

Diana Fonseca disse...

Somos um pedaço daqueles que amamos e estamos lá, gravados.

Marta Vinhais disse...

Segredos desvendados na paixão que se pinta na pele...
Lindo...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Andreia Morais disse...

Há procuras que valem a pena, porque as descobertas que fazemos acrescentam-nos!
Adorei o poema.

r: Fico mesmo contente por ler isso :)
Obrigada e igualmente*

Sofia disse...


Poema primoroso com um leve toque de ironia, já que escrever é um ato solitário. Gostei muito de ler, Jaime.

Beijinho.

Pedro Coimbra disse...

Como sempre é um prazer ler o que escreve.
Aquele abraço, bfds

Cristina Cebola disse...

Um apelo que emociona , em versos sublimes de encantamento e beleza...
Bom fim de semana Poeta.

Maré Viva disse...

São como uma carícia, as tuas palavras.
Um abraço.

Helena disse...

Bem explicitado nos teus versos aquele desejo e o pedido exalado em suspiros: procura-me em ti, e te descobrirás em mim!
Como sempre, meu querido, um belo poema de exaltação ao amor, ao encontro físico, ao deleite da alma.
Um lindo final de semana, com sorrisos e estrelas a permear as horas.
Leninha

Ana Freire disse...

Como sempre... arrasando em talento e arrebatamento!...
Mais um trabalho simplesmente sensacional, que nos agarra da primeira à última palavra, Jaime!... Parabéns!
Beijinho! Bom fim de semana!
Ana

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Sem palavras!
Simplesmente maravilhoso amigo Jaime.
Bjs,obrigada pela visita e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

Teresa Almeida disse...



Jaime, já te leio há muito tempo e, nas tuas palavras, continuo a encontrar o encantamento dos sentidos.

Beijinho e bom fim de semana.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, como sempre acontece por aqui, o poema é belo e repleto de sentimentos.
AG

Brisa disse...

Meu querido amigo Jaime
Em silêncio,medito e procuro nas palavras um gesto,para aquecer,a alma... e vôo ao ler-te...Em segredo,e sem segredo envolvo o ar com o teu lindo poema...
Magnífico...

Bjo e desejo-te um bom fim de semana...Obrigada pelas tuas palavras de conforto...

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Singular e perfeito o teu Poema. Gostei.



Abraço
SOL

Maria Rodrigues disse...

Palavras de amor intenso e profundo.
Maravilhoso Poema.
Uma braço
Maria

© Piedade Araújo Sol disse...

JP

um poema que é um quase apelo.

intenso e cheio de paixão.

gostei muito!

beijinho

:)

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Encantador poema, imensa sensibilidade caro amigo!
Votos de um bom fim de semana.

vieira calado poemas disse...

Bom dia, como tem passado?
É embriagante o vinho, especialmente esse!
É Primavera! Veja que vai gostar! Que mais não seja pela música! https://vieiracaladolivrosvideo.blogspot.pt/2017/03/elegia-primavera_21.html Saudações primaveris!

Graça Pires disse...

Mais uma vez, um poema de amor com um erotismo contido. Muito belo, Jaime!
Um bom fim de semana.
Um beijo.

Franziska disse...

Hermoso poema que se siente en el alma y en la que se trata de esconder el cuerpo pero que existe con todos sus derechos y deberes. No somos nada sin el cuerpo que nos apoya pero tampoco entenderíamos a nuestra alma si no existiera el cuerpo que la guarda. Excelente poema.

Saludos muy afectuosos. Franziska

Arco-Íris de Frida disse...

Procura-me...e me acha em ti...

Lindo o poema...

Beijos...

Manuel Veiga disse...

poema veemente de desejo e sensualidade
muito bem construído. de um equilíbrio estético
impecável

caloroso abraço. caro Jaime

AvoGi disse...

Procura-me que me acharás...
É a essa que faço quando feito o totoloto...Mas ele não me encontra
Kis :=}

Teresa Isabel Silva disse...

Palavras inspiradoras para este domingo!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

tulipa disse...


PROCURA-ME

e, não é que te procurei...!!!

Hoje está um autêntico dia de Inverno
feio, gelado, chuvoso e ventoso

Oh que desalento!

Peço desculpas pela minha ausência, mas...
na realidade não estou bem
não tenho disposição nem para o meu blog
nem para visitar os dos amigos

Espero que esta fase passe rápido.

Desejo-lhe um bom domingo.

Vera Lúcia disse...

Uau! Demais!
Show de poema, que expressa um amor intenso, daqueles que somente a poesia pode desnudar.
Parabéns! Sempre admirável!

Ótimo domingo e feliz semana!

Abraço.

Fernanda Maria disse...

Uma procura e uma busca intensas e envoltas em mistério e sensualidade.
Gostei imenso amigo Jaime

Um beijinho

O Toque do coração

Mirtes Stolze. disse...

Olá Jaime.
Um belo poema de amor. O pensar,imaginar e sentir o grande amor. Uma feliz semana meu amigo. Abraços.

alegriadeviver.blogspot.com.br disse...

Boa tarde Jaime, versos inspiradíssimos, uma obra prima a ser lida e aplaudida.
Desejo boa semana.
saudações!

Aline Goulart disse...

É o oásis encontrar uma alma tão sedenta de carinho, de paixão e de cuidado por você. Linda poesia. Beijinhos e uma ótima semana.

Mariazita disse...

A eterna procura do Amor.
Com erotismo q.b., um poema muito belo.
GOSTEI de te ler, meu caro Jaime.
E gostei de ler "E até gosto de ti, vê lá... eheheh..." - fez muito bem ao ego :)))

Votos de uma semana muito feliz.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Daniel Costa disse...

Jaime Portela
Sempre são belos os teus poemas românticos, mesmo diferenciados. Sempre gosto, como aprecio este-
Abraço

Dorli Ramos disse...

Oi Jaime
Lindos escritos poéticos
O vinho enfeita o amor
Mama mia que poesia por entrelinhas brilhantes
Amei
minicontita2

Zilani Célia disse...

OI JAIME!
UMA LINDA PROCURA,COM O ÁPICE NO ENCONTRO DAS ALMAS.
LINDO, AMIGO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Aleatoriamente disse...

Um poema de magnitude!
Cada frase tão perfeitamente agarrada na outra com poesia.

Abraço Jaime.

Arte & Emoções disse...

Quem ama está sempre ao dispor. Belo poema Jaime.

Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus.

Furtado

Maria Luisa Adães disse...

Aqui estou na procura de sua procura
e no encontro com a beleza de seus versos!


Maria Luísa Adães

Jaime Portela disse...

*****************************************************************************

Caros amigos, obrigado pelos vossos comentários. Voltem sempre.
Entretanto, acabei de publicar um novo poema. Espero que gostem.
Continuação de boa semana para todos.
Saudações poéticas.

*****************************************************************************

rosa-branca disse...

Desisti de procurar...o teu poema é lindo. Beijos com carinho

graça Alves disse...

Mais um belo momento de poesia.
Parabéns!
beijinhos