Translater

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Vem [350]

 

Na ausência, moves-te inquieta

como se não andasses feliz

e como se eu, apesar do risco da irrelevância,

nunca tivesse portas de amor floridas

a preencher o nosso afastamento.

Vem, existe a cor

a palpitar no vazio que te precede

e os teus olhos são um espaço remoto,

onde a manhã reconstrói

o seu hálito de claridade.

Sei que virás dos lábios da alvorada

ou da nascente de ti, para acordar

a chama que nunca se apagou

e acariciar a sede do tempo que morreu.

Virás, porque o temor de te perder

é uma tenaz  que aperta as minhas têmporas

e se estilhaça, depois,

num horizonte sombrio por onde te moves,

inquieta, como se não andasses feliz.


Jaime Portela, Setembro de.2021



53 comentários:

Beatriz Pin disse...

Belísimo poema de saudades da amada e chamada irresistivel a que não será possible negarse!
Bom día, Jaime

Marta Vinhais disse...

O reencontro afastará as nuvens, o Sol brilha e tudo ficará em paz...
Porque assim é a paixão...
Beijos e abraços
Marta

Dalva Rodrigues disse...

Fala coisas de amor como ninguém, parabéns poeta!
Adorei, Jaime, abraço e boa continuação de semana!

Manuel Veiga disse...

é um bonito poema
gostei. deveras!

grande abraço, meu amigo

Mário Margaride disse...

Belíssimo poema de amor!
Onde a saudade emerge, num universo intenso de desejo e emoção.
Gostei muito!
Continuação de ótima semana, caro Jaime.
Abraço!

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

Ailime disse...

Boa tarde Jaime,
Um poema nostálgico, mas muito inspirado e belo.
Gostei bastante!
Aproveito para lhe desejar um bom fim de semana.
Beijinhos,
Ailime

Fê blue bird disse...

Um apelo a um amor ausente, escrito com a emoção e as sábias palavras de um verdadeiro poeta, que não deixa ninguém indiferente.

Um beijinho poeta e amigo Jaime.

Cidália Ferreira disse...

Excelente o seu poema!! Amei :))
-
Meu braço impudente ao alto se ergueu
-
Beijos, e um dia feliz!

Maria Lucia (Centelha) disse...

Gosto do teu estilo poeta Jaime, as imagens que a teu poema propõe, sua técnica, os traços fortes. Não é pra qualquer um. Há de ter intimidade com a poesia. E tu tem!!
Adoro te ler.

💋beijinhos

Teresa Almeida disse...

"como se andasses feliz"

São meandros do amor.


Tão especial, meu amigo Jaime!

Beijos.

Fá menor disse...

Belo poema!

As ausências e afastamentos causam sempre desassossegos e infelicidades...

Beijinhos, amigo Jaime!

Porventura escrevo disse...

Intenso e envolvente, o poema
Bravo jaime

Ulisses de Carvalho disse...

que bonito, Jaime!

"(...) Vem, existe a cor

a palpitar no vazio que te precede

e os teus olhos são um espaço remoto,

onde a manhã reconstrói

o seu hálito de claridade. (...)"

um abraço!

J.P. Alexander disse...

Bello poema uno siempre tiene miedo de perder al ser amado. Te mando un beso

Pedro Coimbra disse...

Saudades de um amor ausente?
Abraço, bfds

São disse...

O afastamento de duas pessoas que se gostam é sempre uma tristeza....

Beijinho, meu amigo, tudo de bom

SARA disse...

Um lindo poema cheio de muito amor um 😘🥰lindo fim de semana.

Magui disse...

Quem não vem, quando tem à espera um amor assim?
Beijo
Bom fim-de-semana

- R y k @ r d o - disse...

Intenso, profundo, de uma leitura reflexiva.
O amor é lindo. Saber vivê-lo é sublime.
Poema de "chamamento" divino.
.
Feliz fim-de-semana.
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Mais um excelente poema de que gostei bastante.
Um abraço e bom fim-de-semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

© Piedade Araújo Sol disse...

Boa tarde JP
É um belo poema cheio de amor e esperança.
Tenha um bom fim de semana.
Beijinhos,
:)

Mário Margaride disse...

Boa noite, caro Jaime!
Passando por aqui, relendo este excelente poema que muito apreciei, e desejar um feliz fim de semana!
Abraço fraterno.

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

Te amando, irei pela eternidade. 愛 disse...

Oi amigo poeta Jaime Portela simplesmente lindo o poema ,amei ler ....
Meu carinho e gratidão tenha um feliz fim de semana 🙏
Bjinhos 💖🙏 🌷

Sandra Figueroa disse...

Llegara un día.... Sigamos esperando....Precioso poema amigo Jaime. Saludos.

Graça Pires disse...

"Sei que virás dos lábios da alvorada
ou da nascente de ti, para acordar
a chama que nunca se apagou
e acariciar a sede do tempo que morreu". Belíssimo, meu Amigo Jaime!
Um bom fim de semana.
Cuide-se bem.
Um beijo.

betonicou disse...

Nuvens pesadas não duram para sempre. Belíssimo poema, apesar do teor bucólico. Lindíssima inspiração, Jaime, Tenha um excelente final de semana. Grande abraço.

Majo Dutra disse...

Para um amor assim, tudo passará...

Que se salve a nobreza do sentimento e que ele resulte mais forte!

Muito belo, Jaime. Abraço, amigo.
~~~~~~~

Fatyma Silva disse...

Belissimo seu poema,
Querido amigo Jaime!

Que tenhas um excelente fim de semana.
Beijos

silvia de angelis disse...

Una serie di versi intensi, e molto raffinati, che ho apprezzato tantissimo nella loro densa lettura.
Un caro saluto,silvia

Marli Franco disse...

Boa tarde Poeta Jaime poema maravilhoso,repleto de imagens sensacionais!Os teus versos encantam e nos levam ao mundo mágico da poesis.
Aplausos!
Gracias pela visita em meu blog
Um belo domingo
Se cuida
Bjs de violetas

Maria Rodrigues disse...

Palavras profundas e sentidas num belíssimo poema.
Beijinhos

Amélia disse...

Belíssimo poema! Gostei muito de ler.
Bj. Excelente semana

Giancarlo disse...

Buon inizio settimana.

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Jaime. Li seu comentário e fiquei feliz por querer ler novos poemas meus, no entanto, ainda não deu para postar.
Deixo a postagem anterior para você ler chamada"Céu".

http://redescobrindoaalma.blogspot.com/2021/09/ceu-by-patricia-pinna.html?m=1

Volto com calma para ler você e deixar meu comentário como seus poemas merecem.
Fique com Deus.
Se quiser, comente nos que ainda não o fez.
Beijos na alma e excelente semana de paz.

Mário Margaride disse...

Olá, caro Jaime.
Passando por aqui, relendo este excelente poema, e deixar os meus votos de uma excelente semana!
Abraço.

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Jaime. Ler você não é tarefa fácil, faço várias leituras do poema. Existe um momento de uma tristeza findada apenas com o olhar para si e o outro,uma internalização dos fatos. O amor passa por isso também.
Parabéns. Belíssimo, querido.

Isamar disse...

Um poema carregado de sentimento, brilhantemente escrito!

Gostei imenso desta passagem:
"Sei que virás dos lábios da alvorada
ou da nascente de ti, para acordar
a chama que nunca se apagou
e acariciar a sede do tempo que morreu."

Querido Amigo Jaime votos de uma semana feliz.
Beijinhos

Maria Dolores Garrido disse...

Bom dia, Jaime
Gostei do apelo e da (quase) certeza do regresso.
Um abraço e boa semana

Fatyma Silva disse...

Passando relendo esse lindo poema e desejando uma Excelente semana.

Beijos.

Kathy Leonia disse...

so pretty!

Farfalle Libere disse...

Wonderful poem, my compliments. Nostalgia and tenderness. I like it

Teresa Isabel Silva disse...

Bonitas e encantadoras palavras!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

Ana Freire disse...

Amores desencontrados... uma eterna fonte de inspiração para o universo poético!
Belíssimo e veemente este inspirador apelo, neste emotivo poema! Adorei ler!
Um beijinho! Votos de uma feliz e inspirada semana!
Ana

Rainbow Evening disse...

happy is important in life.... nice words, love it.

Have a wonderful day

Emília Pinto disse...

Vim, Jaime, com algum atraso, mas, cheguei. Não estive a rezar, embora pense muito nesse Deus perfeito, que olha pelos seus filhos e que os protege de todos os perigos. Penso e fico zangada, porque a realidade é bem diferente; nunca pedi, mas, não sei se Ele ou a vida, o certo é que tenho tido alguma protecção, mas....e os outros? Tantos...tantos..completamente abandonados à sua sorte. Mas, o que tu desejas, neste e na maioria dos teus belos poemas, é que o Amor venha sempre para te acalentar o coração; sentimos falta quando a pessoa amada se vai e o que mais ansiamos é que volte, mesmo que tenhamos de implorar; há casos em que o chamamento não resulta, mas o nosso coração continua à espera; como é bom amar e ser amado, Jaime! Sim, Amigo, que o Amor nunca te falte e , se por acaso " fugir ", que venha logo que o chames; não nos devemos acanhar...chamemo-lo sempre que dele necessitarmos. Um beijinho, Jaime e...desculpa a ausência...há um " amorzinho " delicado e belo que me chama muitas vezes e, claro, não posso dizer " Não " Sei que entendes!
Emilia

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Jaime. Espero que esteja tudo bem. Como ainda não publiquei deixo esse poema, que ainda a leitura n foi feita, para vc.
Indo para o trabalho, depois volto.

http://redescobrindoaalma.blogspot.com/2021/08/chegara-o-entardecer-by-patricia-pinna.html?m=1

Beijos na alma.

eli mendez disse...

Hola Jaime, disculpas por la demora en llegar...
Es que ando disfrutando de la primavera!!!
Tu poema encierra quizás algo de tristeza y melancolía
frente a esa ausencia que de alguna manera te hace desear su retorno y elevar en tu poesía una plegaria hacia ella..para volver a sentirte amado!!! Muy bonitoooooo!!!
Besosssss y buena semana!!!

Olinda Melo disse...


Portas de amor floridas, espaços pintados
de belas cores e essa disponibilidade
amorosa que tudo resolve.
Um chamamento a que a sua Musa não resistirá.
A inquietude não terá razão de ser.
Tem mesmo é de se sentir feliz. :)

Belo poema, amigo Jaime.
Gostei muito.
Abraço
Olinda

Mariazita disse...

Regressei de férias há três dias e tenho estado a tentar pôr "a correspondência em dia" :)
Gostei muito deste poema. Um apelo tão veemente só pode ter resposta positiva...

Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Juvenal Nunes disse...

O poema denota sinais de uma inquietação que levou ao afastamento, mas onde existe vontade de um reencontro.
O amor também pode ser controverso.
Abraço amigo.
Juvenal Nunes

Kinga K. disse...

Es fantástico ❤

Lígia Casaca disse...

Um apelo, um chamamento…constatações, suposições… Bela construção poética querido Jaime!
Bom fim de semana
Beijo

© Piedade Araújo Sol disse...

JP
Mais um excelente trabalho poético de que gostei bastante.
Bom fim-de-semana.
Beijinhos
:)