Translate

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Perdidos, vamos achando



Nas tuas mãos,
já acesas,
a desviar orações nas palavras
e a espernear de prazer,
há uma prece.

Nas minhas mãos,
carentes da tua flor,
há uma rosa a perder espinhos,
a abrir pétalas,
a desbulhar-se em perfumes.

Perdidos, vamos achando
o prolongar do momento
em conflito com a urgência  de serenar,
entranhados,
a agitação que me afoga e te rompe.



34 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Bo dia de paz, Jaime!
Um poema lindo com simbolismo afetivo intenso e terno.
"Há uma rosa a perder espinhos,
a abrir pétalas,
a desbulhar-se em perfumes."
Gostei muito dos versos recortados e os trouxe para perfumar.
Seja muito feliz e abençoado!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

saudade disse...

O ser uma flor nas mãos de um homem romântico é sempre bom....
Bom resto de semana amigo.
Beijo

Andreia Morais disse...

Que poema maravilhoso!

Continuação de boa semana

Cidália Ferreira disse...

Um poema muito bonito!!


Beijos. Boa noite!

Isamar disse...

Que bonito poema de amor, parabéns pela inspiração e talento com as palavras!
Bom fim-de-semana!
Beijinhos

Marta Vinhais disse...

A paixão a manifestar-se perfumada....
Lindo...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um belo poema, gostei e aproveito para desejar um bom fim-de-semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Olinda Melo disse...


Caro Jaime


Momentos de muita cumplicidade, condensados
num apaixonante dar e receber.

Belo poema. Gostei muito.

Abraço

Olinda

Teresa Almeida disse...

A poesia fremente, arrojada e bela!

Beijinho, querido amigo Jaime.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Maravilhoso, muito bonito.
Abraço

😉
Olhar D'Ouro - bLoG
Olhar D'Ouro - fAcEbOOk
Olhar D'Ouro – yOutUbE * Visitem & subscrevam

Graça Pires disse...

Numas mãos uma prece. Noutras mãos uma flor. Dá para sentir o perfume do poema.
Um bom fim de semana.
Um beijo.

Os olhares da Gracinha! disse...

Belo de se ler... Bj

Daniela Silva disse...

Lindo poema e gostei muito do novo visual do blog

Beijinho e bom fim de semana
danielasilvaoficial.blogspot.com

Manuel Veiga disse...

que nem um milímetro fique por debulhar, caro Jaime Portela!
grande forma, Poeta.

abraço

Isa Sá disse...

Bonito poema. Bom fim de semana!

Isabel Sá  
Brilhos da Moda

Magui disse...

É sempre um deleite ler os seus poemas.
Beijo e bom fim-de-semana

Marina Filgueira disse...

Hola Jaime, por fin disfruto de tu fruto, de esa pluma loca que no, no hombre, nadie se pierde en esos momentos de urgencia dulce y llena de pasión.

Un precioso poema como siempre, amoroso sensual y romántico.
Un placer leerte, gracias.

SOL da Esteva disse...

Das coisas mais belas que escreveste!...
Parabéns.


Abraço
SOL

Mirtes Stolze. disse...

Boa tarde Jaime
Que lindo poema, amei a oportunidade de ler algo assim. Um feliz més de outubro. Carinhoso abraço.

Ailime disse...

Boa noite Jaime,
Um poema muito belo, que respira paixão.
Gostei imenso.
Beijinhos e bom domingo.
Ailime

Sandra May disse...

Boa noite, Jaime!
Passando para ler seus poemas, gradecer sua visita e desejar uma ótima semana.
Mais um ótimo poema, poeta.
Um abraço, meu amigo!

Larissa Santos disse...

Parabéns pelo poema :))

Hoje:- Sinto que nas nuvens estão ausentes |Poetizando e Encantando|

Bjos
Votos dum óptimo Domingo.

rosa-branca disse...

Um poema lindo, belo sensual a espernear de metáforas. Amei demais. Bom resto de fim de semana e beijos com carinho

Humberto Maranduva disse...

A flor e o fruto... desejado; a refrega dos sentidos, a acutilância dos aromas, a sensação fragrante e envolvente da dádiva recíproca e apaziguadora.
Um belo poema, caro Jaime.
Um abraço. Boa semana

Daniel Costa disse...

Jaime Portela, cada poema teu e uma proposta de leitura diferente, mas sempre interessante, veja-se os dois versos seguintes: "Perdidos, vamos achando
o prolongar do momento". Gostei e gostei do ritmo.
Abraço

Fá menor disse...

"Acende os lugares
Onde se escondem os teus sentidos
E não tenhas medo
Se às vezes falhares
O que importa é o caminho
Que fica
Entre achados e perdidos" (Mafalda Veiga)

(Voltei).
Boa semana, amigo!
Beijinhos.

Majo Dutra disse...

Como sempre, encontro sensualidade e grande beleza
no poetizar de emoções simples ou ardentes.
Um poema encantador...
Excelente semana, repleta de tudo aquilo que gostas.
No rescaldo de eleições... Srrssssss...
O meu abraço, Amigo.
~~~~

Amélia disse...

Simplesmente belo!
Abraço

Mariazita disse...

Um poema intenso que, sem abusar das palavras, condensa fortes sentimentos de Amor e Paixão, onde a sensualidade baila, constante.
Gostei particularmente, meu querido amigo Jaime.

Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Andre Mansim disse...

Boa noite, poeta!
Que texto bonito hein!
Obrigado por compartilhar com a gente.

Grande abraço!

betonicou disse...

Oi Jaime! Sempre com escrita primorosa. Gosto imenso da sensualidade escrita com bastante elegância. Um grande abraço. Feliz semana.

teresa dias disse...

Mesmo perdidos vamos achando poemas magníficos como este, e a vida corre serena.
Beijo.

Às margens de mim. disse...

Passando para atualizar minha leitura nos blogs. Amei o texto!

Giancarlo disse...

Mi piace questa poesia, la trovo piena di passione.
Buona giornata.