Translater

domingo, 16 de janeiro de 2022

Quero a ternura que tens [367]

 


Quero a ternura que tens,

não a que mostras desperta,

já que não tenho, inteiro,

aquilo que não te digo.

Se te arrancar, furtivo,

o gesto do mistério

que essa ternura encerra,

serás eterna romeira

na insana procura perdida

daquilo que não mostraste.

Mas sei

que a recusa é tanto maior

quanto mais perto estiver

de a ter possuído oferecida.

 

© Jaime Portela, Janeiro de 2022



41 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Um belíssimo poema, amigo Jaime.
Abraço, saúde e bom domingo

" R y k @ r d o " disse...

Poema deslumbrante. Também penso que nem sempre a ternura que se mostra é a que na verdade se sente. Poema intenso, profundo, que muito gostei de ler. Como sempre, deixo a minha admiração e elogio poético.

Um domingo, e seguinte semana, muito feliz.
Abraço

Graça Pires disse...

A ternura a encerrar um mistério que só o coração decifra. Lindíssimo, meu Amigo Jaime.
Muita saúde.
Um beijo.

Porventura escrevo disse...

A ternura é tudo aquilo que podemos almejar, para não nos deixarmos dominar pelo desespero.
Gostei Jaime.
Abraço.

Maria Lucia (Centelha) disse...

Aprecio demais os teus poemas, poeta Jaime. Conteúdo, formato, vocabulário e o perfume da poesia que evola dos versos. Parabéns !!
Beijo carinhoso

silvia de angelis disse...

Una dolce, e avvincente tenerezza, da godere a pieno.
Versi piaciutissimi, buona nuova settimana, silvia

© Piedade Araújo Sol (Pity) disse...

JP

a mulher tem sempre os seus fascínios, misteriosos e por vezes insondavéis.
belo poema.
bom domingo.
Beijinhos

:)

Fá menor disse...

A ternura é algo muito belo, puro e afectuoso. Quem a não quer possuir e receber?

Beijinhos e boa semana!

saudade disse...

Olá meu querido, como estás, magnífico poema. Vim matar saudades.
Beijinhos

Janita disse...

Poema algo enigmático em que só o seu autor lhe sabe o alcance, mas muito interessante, sem dúvida.

Boa semana, Jaime.
Um beijo amigo.

Andreia Morais disse...

Belíssimo poeta, Jaime

Aproveito para desejar uma excelente semana

tulipa disse...



Excelente poema!

OH meu amigo, quem não quer "ternura"?

Ofereço flores a quem me visitar
vou andando por este e por aquele blog,
saltitando, mas cumprindo o que prometi,
que em 2022 quero ser mais assídua

Desejo que o teu NOVO ANO seja iluminado de amor,
cheio de harmonia e repleto de paz, sempre com saúde,
é o mesmo que peço para mim.

Beijo, querido amigo Jaime!

Podes ver aqui:
http://pensamentosimagens.blogspot.com/

e também aqui:
http://orientevsocidente.blogspot.com/

Tulipa/Kalinka

Caterina disse...

Abbiamo tutti bisogno di un po’ di tenerezza. Bella poesia, buona serata Jaime.

Cidália Ferreira disse...

Poema sublime. Muito obrigada pela partilha!
*
Beijos. Boa noite!

J.P. Alexander disse...

Bello y melancólico poema. Te mando un beso y te deseo una genial semana.

Pedro Coimbra disse...

O poema é também ele uma ternura.
Abraço, boa semana

Marta Vinhais disse...

O mistério de tudo...nem sempre visível... apenas se vislumbra...
Lindo...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Gostei deste belo poema.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

São disse...

Muito lindo!

Beijinho e linda semana também, meu amigo Poeta

Mário Margaride disse...

Olá, caro amigo Jaime.
Um belo poema aqui nos presenteia.
Onde a sensibilidade e a percepção dos sentimentos, são traduzidos de uma sublime, nestas belas palavras!

Parabéns, caro amigo Jaime!

Votos de uma excelente semana, com muita saúde.

Abraço amigo.

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

Maria Rodrigues disse...

Todos precisamos de receber e dar ternura, pois ela envolve o coração e torna mais leve a nossa alma.
Lindíssimo poema
Beijinhos

Kathy Leonia disse...

so good!

AMALIA disse...

Bellísimo este poema.
Un abrazo.

A Paixão da Isa disse...

Linda partilha de poema lindo bjs saude

** L e n a ** disse...


Como sempre um maravilhoso poema
escrito com muita sensibilidade
gostei muito

Beijinhos

Lucia disse...

Bonito poema caro Jaime.
Boa noite!
Feliz semana!
Gratidão pela visita.
Beijos

natureza de poeta disse...

Um belo poema que gostei muito.

Agradeço sua visita ao meu blog.
Uma ótima semana
Um abraço

lis disse...

Toda a ternura Jaime no poema que
aqui encontro, sempre que venho te ver.
Ternura é a maneira como desenhamos nossas palavras,
_que continue sendo suas inspirações diárias.
Um abraço grande

Vanessa Vieira disse...

Olá, poeta! Leio teus versos e me lembro de um pensamento muito repetido por um querido amigo. Ele dizia assim: "Para conhecer bem o teu próximo, como com ele um quilo de sal" O dia a dia nos revela muitas coisas, e aos poucos vamos nos entrando por inteiro... Seja bem ou seja mal!

Adoro teus versos!
Abraço!

Mariazita disse...

Fizeste-me lembrar aquele belíssimo poema de Reinaldo Ferreira - "Sei que a ternura não é coisa que se peça..."
Mas este teu não lhe fica atrás... É lindo!!!

Votos de uma feliz Terça Feira e boa semana, querido amigo Jaime.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Cláudia disse...

Que bonito!

Um feliz dia

Isamar disse...

Olá Querido Amigo Mário, fico sempre deslumbrada com a sua inteligência poética!
Parabéns por mais um fabuloso poema!!!
Tenha uma semana muito feliz.
Beijinho

Kinga K. disse...

Belleza ❤

Beatriz Pin disse...

Como sempre

Beatriz Pin disse...

Como sempre, querido Jaime, os seus poemas deijam um algo de misterio do que so você e dono e senhor. Será por iso e não so que os fai tam fascinantes .Entendo que a ternura é um sentimento, uma emoção que se manifesta ante um estímulo que a provoca. Fico com ises segredos agochados que fam voar a imaginação.
Grande abraço

Majo Dutra disse...

Muito melhor é ternura oferecida do que conquistada...
Porém, o eu poético amoroso, galante e sedutor sabe bem como agir
para a despertar e merecer...
Belo poema, Jaime.
Dias bons repletos de ternura. Abraço amigo.
~~~~~~~~~~~

Rainbow Evening disse...

meaningful poem.... love your words about tenderness...

Have a wonderful day

Ailime disse...

Boa noite Jaime,
Um poema belíssimo.
A ternura e o amor andam de mãos dadas.
Beijinhos,
Ailime

mariam [Maria Martins] disse...

Belo. Beijinhos

Glória Vilbro disse...

Querer possuir alguém na sua mais pura essência,é um desejo inerente à condição humana. O que não quer dizer, que uma vez conseguido esse intento, fossemos mais felizes,ou ficassemos saciados.
Muito bonito o seu poema, Jaime. Beijinhos

Ana Freire disse...

Os meandros da ternura, aqui poeticamente tão bem delineados!
Mais um momento de romantismo, elevado à excelência! Beijinhos
Ana