Translater

quinta-feira, 19 de maio de 2022

Tempo de rosas [402]

 


Amanhã,
quando o poema invadir os teus braços
e percorrer inteiro as veias do teu corpo,
será nas mãos que revelarás
a perceção do desejo

que há na luz do teu olhar.
Acordarás, então,
a perfeição dos teus seios
e a ternura inundará a tua pele,
moldando-te a voz
em timbres que julgavas esquecidos
nas palavras da memória submersa.
Haverá,
nesse tempo de rosas, bandos
de andorinhas perfumadas no teu rosto,
mas não será minha essa virtude,
já que me darei em silêncio
para não paralisar a beleza do teu voo.

 

© Jaime Portela, Maio de 2022


37 comentários:

Marta Vinhais disse...

Uma declaração de amor cheia de paixão e desejo...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Porventura escrevo disse...

Uma verdadeira devoção poética
Bravo jaime

Roselia Bezerra disse...

Bom dia de paz, amigo Jaime!
Muito obrigada pela atenção dos seus comentários mesmo na minha ausência involuntária.
Um poema delicado onde o perfume das rosas fazem a musa alçar vôo com beleza perfumada
Tenha dias abençoados com paz!
Abraços fraternos

Mário Margaride disse...

Olá, caro Jaime,
Mais um belo poema de amor. Onde a sensualidade impera, e as emoções fervilham, num profundo sentir.

Gostei muito.

Parabéns, pela inspiração!

Continuação de boa semana.
Abraço amigo.

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

Caterina disse...

Davvero stupenda. Complimenti Jaime. Buona giornata.

Janita disse...

Uma bela e abnegada entrega, em prol do ente amado!
Grande poema!
Um abraço e tudo de bom, amigo Jaime.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um belo poema de amor amigo Jaime.
Gostei.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Fá menor disse...

... mas até nas rosas há espinhos...

Beijinhos, amigo Jaime!

brancas nuvens negras disse...

A mulher como fonte de inspiração... inesgotável.
Um abraço.

Maria Lucia (Centelha) disse...

Uma deliciosa confissão ao ser amado, embalada em poesia cheia de paixão. Bravos, poeta.
Beijo doce.

solfirmino disse...

Interessante construção da imagem, o poema entrando na pessoa e a inundando de ternura. Parabéns. Obrigada pela visita. Fazia realmente um bom tempo que não nos visitávamos. Um abraço.

Emília Pinto disse...

O que nos vale são as rosas, Amigo, o seu perfume, o chilreio dos pássaros, o sol que começa a aparecer e o amor para nos ajudarem a serenar. Estamos a viver tempos muito conturbados e, por mais que procuremos o caminho para a paz não o encontraremos. Podemos e devemos espalhar a paz à nossa volta, mas o mundo é governado por poderosos e, perante tal poderio, nada podemos fazer a não ser mostrar a nossa indignação e ajudar a minorar o sofrimento das pessoas que fogem dos canhões. Tu podes " cantar " o amor e ao mesmo tempo a guerra porque os poetas têm essa facilidade e, uma coisa está ligada à outra, embora o amor que tratas no teu poema seja diferente. A falta de amor, de humanidade e de respeito é a causa de todos os males do mundo, mas não adianta....no meio de milhões e milhões que querem esse amor, há " meia dúzia " que não e é o bastante para colocar o mundo em sobressalto. Jaime, como sempre, belos poemas e agradeço
o momento bom de poesia. Um beijinho e fica bem, com saúde, especialmente
Emilia

Catiaho Reflexod'Alma disse...

Bravíssimo Jaime!
É um poema que enche
a gente de uns pi ração!
Grata por compartilhar.
CatiahoAlc.
Também do Blog Espelhando

Ailime disse...

Boa tarde Jaime,
Parabéns por mais uma criação poética bela e muito inspirada!
Um poema de amor de que gostei muito.
Beijinhos,
Ailime

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa tarde,Jaime.
Quanta emoção traçada em cada verso.O cuidado com as rosas, o cuidado com o silêncio, as andorinhas.....
Emoção em todas as bem escolhidas palavras. Sensibilidade falando da paixão, talvez muito velada. Lindo!
Grande abraço!

Cidália Ferreira disse...

Um poema magistral. Obrigada pela partilha!!
-
Detalhes de uma vida de solidão...

Beijos, e uma boa tarde

Teresa Isabel Silva disse...

Bonita homenagem ao amor...

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

João Santana Pinto disse...

Um terno desejo, um desejo carinhoso e tão intenso que ele se subtrai.
Um poema que tem a sua marca de qualidade. Abraço e um fim de semana inspirado.

Os olhares da Gracinha! disse...

Um belo poema de amor!!!👏👏👏...bj

Franziska disse...

Anticipar la dicha que tendremos es tratar de prolongar la felicidad que esperamos, esto es así, es como solemos comportarnos los humanos.

Ha sido una lectura interesante y evocadora: algo que creo entender muy bien. Un abrazo.

J.P. Alexander disse...

Uy que lindo y romántico poema. Te mando un beso.

Pedro Coimbra disse...

Nestes tempos tem havido mais espeinhos que rosas.
Abraço, bfds

Graça Pires disse...

Delicadíssimo poema de amor, meu Amigo Jaime.
Um bom fim de semana.
Um beijo.

Cláudia disse...

Muito bonito. Eu gostei :)

Bom fim de semana

AMALIA disse...

Hermoso poema de amor.
Un abrazo.

tb disse...

Mais um belíssimo poema que dá vontade de ler e reler.
Tenho andado um pouco ocupada, mas tento vir onde me sinto bem.
Beijinhos

Rainbow Evening disse...

true feeling and desire...
wonderful poem...

Have a great weekend

Maria Rodrigues disse...

Maravilhosa declaração de amor num poema sublime.
Bom fim de semana.
Beijinhos

Glória Vilbro disse...

Boa noite, Jaime
O silêncio é por vezes a voz mais eloquente, e a melhor companhia para a beleza de certos voos.
Lindo poema! Bom fim de semana. Beijinhos:)

SOL da Esteva disse...

Excelente Poema de Amor presente
Parabéns, Portela



Abraço
SOL da Esteva

Mário Margaride disse...

Olá, caro amigo Jaime,
Passando por aqui, relendo este excelente poema que muito gostei, e desejar um Feliz fim de semana, com muita saúde.
Abraço amigo.

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com

© Piedade Araújo Sol (Pity) disse...

Boa tarde JP
Um poema que é uma declaração de ampr.
Muito belo!
Desejo um bom fim-de-semana com muita saúde e harmonia.
Um beijo
:)

Paula Saraiva disse...

Lindíssimo poema que me encantou.
Beijinhos e um bom fim de semana

stella disse...

Un poema tierno y hermoso al amor que te inspira, me ha gustado muchisimo Jaime
Un abrazo

Fatyma Silva disse...

Que belo poema, Jaime!
Um rico presente de amor.
Amo!
Tenha uma excelente semana.

Um abraço

Olinda Melo disse...


Tempo de rosas que promete muita inspiração poética.
Tal como neste belíssimo poema, caro Jaime.
Gostei muito
Abraço
Olinda

Glória Vilbro disse...

Olá Jaime, boa tarde
Não consigo comentar o seu último poema. Gostei muito. Acho que temos sempre de tentar encontrar o nosso caminho. Enquanto não desistimos de procurar, não estamos verdadeiramente perdidos. Estamos "na corrida", como diz um amigo meu.
Beijinhos, boa semana nova:)